Após depressão e assédio moral, Franklin David desabafa sobre novo estilo de vida

Franklin David
Franklin David passou por momentos dolorosos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após sofrer com depressão e pensar até mesmo em tirar a própria vida, Franklin David decidiu recomeçar. Ao lado do namorado, o jornalista e influenciador decidiu viver viajando.

“Me dei a chance de começar uma nova vida, de viver novas experiências pessoais e profissionais. Isso foi o que me trouxe de volta o brilho no olhar”, contou o famoso, em conversa com o jornal Extra.

David, que teve que infelizmente teve que lidar no passado por assédio moral no trabalho e também um relacionamento abusivo, desabafou: “Passei um ano e meio em depressão sem saber direito o que era aquilo, sem ter um diagnóstico médico. Foi nesse período que veio a primeira crise de ansiedade, após ter vivido uma situação pesada de assédio moral no trabalho”.

“Ali, eu vi que estava no fundo do poço e vieram os intensos pensamentos sobre tirar minha própria vida. Se eu não tivesse buscado ajuda médica naquele momento, nem sei o que poderia ter acontecido comigo”, completou.

Apesar de ter aberto o que sentia para algumas pessoas, o jornalista contou que muitos afirmavam que era “frescura”. “Infelizmente, foi o que mais escutei. Ouvir isso é uma das piores coisas que podem acontecer com alguém que tem um quadro de depressão”.

“A carreira na TV, o fato de me considerarem bonito, o corpo que as pessoas tanto elogiavam pareciam tirar o peso de qualquer dor emocional que eu pudesse sentir, afinal tudo era perfeito para quem olhava”, recordou.

“E a pessoa que eu namorei nessa época repetia a todo momento que eu era privilegiado, que não tinha nenhuma razão para me sentir triste, que eu era muito fraco por me sentir daquele jeito e que depressão era coisa de quem não tinha problema de verdade. Hoje vejo que além do assédio moral no trabalho, esse namoro abusivo contribuiu muito para o agravamento da doença”, lamentou.

Ao falar sobre o trabalho antigo, Franklin David disparou: “Era uma tortura diária. Já não tinha mais prazer e nem diversão, vivia com falta de ar causada pela ansiedade, era dominado por um medo sem fim e não tinha o menor interesse pela vida que eu tinha construído”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›