Após oito anos na geladeira, Adriane Galisteu desabafa sobre retorno à TV como apresentadora

Adriane Galisteu
Adriane Galisteu voltou para a TV na programação da Record (Imagem: Reprodução / Instagram)

Adriane Galisteu tem colhido bons frutos em seu retorno à TV. Oito anos após comandar o Quem Quer Casar com Meu Filho?, na Band, a loira foi escalada para ficar à frente do Power Couple Brasil 5, na Record.

Em entrevista ao site Notícias da TV, a apresentadora abriu o jogo e falou sobre a nova chance que recebeu:

“É um momento muito importante na minha vida, voltei a fazer o que amo e o que eu nasci pra fazer. Minha vida voltou a fazer sentido. Sempre sonhei em ser apresentadora, mas me vi fora do ar e fui me reinventar. E poder voltar para um programa, do qual eu particularmente sempre fui fã, foi o maior presente que poderia ter recebido neste ano. Sou só gratidão por poder voltar a uma emissora em que fui muito feliz. Estou me entregando 100%”.

Questionada sobre como é ser a única mulher a comandar um reality e confinamento na TV brasileira, Adriane foi sincera:

“É uma delícia poder representar todas as mulheres. Nós somos fortes, guerreiras e competentes. E agora vamos até pra lua! A Marisa Orth teve uma rápida passagem pelo Big Brother Brasil [em 2002], mas fez um ótimo trabalho. E agora, depois de tanto tempo, tem eu. É legal poder carregar comigo essa história”.

A apresentadora também falou sobre como lida com as críticas. “Não acho legal quando uma mulher aponta o dedo para a outra. Acho que as mulheres têm que se abraçar e se unir. Eu me vejo através de hashtags no Twitter comprando barulho de muita mulher que nunca vi na vida. Nós temos que dar colo uma pra outra, temos que unir as nossas forças. Jamais vou criticar uma mulher pela roupa, aparência ou pelo gosto. Esse é o meu jeito. Eu gosto de brincar com a moda, tudo o que uso tem um porquê de estar lá“, esclareceu.

Ao ser perguntada se não pensou em desistir da carreira, já que ficou muito tempo sem apresentar um programa, Galisteu confessou:

“No fundo do meu poço tem mola (risos). E tem muitos fundos de poço ainda para eu passar. A vida é muito cíclica, e eu nunca desisti de fazer o que sempre amei. Neste tempo eu me reinventei e não fiquei parada. Fiz meu canal no YouTube, participei da Dança dos Famosos, fiz novela, criei meu canal de podcast. Fui por outros caminhos, mas sem perder meu foco”.

Quando era pequena eu tinha uma escova azul e brincava que ela era o meu microfone. Entrevistava minhas vizinhas, minhas bonecas. Eu era bem pequena e continuo assim até hoje. Sigo sendo essa menina com a escova azul nas mãos. Eu amo o que faço. Fiquei fora durante alguns anos, mas isso não significa que eu estava triste, deprimida. Sempre acreditei em mim“, afirmou.

Galisteu também não escapou sobre os rumores de que ela seria responsável por substituir Marcos Mion na próxima edição do reality A Fazenda. “Meu foco, por enquanto, é 100% o Power Couple“, garantiu.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›