SBT tirou chamada polêmica do ar (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT, após muitas críticas do público, tirou do ar uma propaganda que fazia referência à Ditadura Militar, que durou de 1964 e 1985. Entre os vídeos, um com a frase “Brasil: ame-o ou deixe-o” irritou os internautas.

Outras propagandas com mensagens que também lembram o governo dos militares continuam na programação. A emissora, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que a exibição foi um “equívoco”.

O canal afirmou ainda que a proposta era passar uma mensagem de “união” após o resultado das eleições, que deram o direito a Jair Bolsonaro a comandar o país pelos próximos 4 anos.

A vinheta com o bordão ‘Brasil, ame-o ou deixe-o’ foi retirada do ar. A emissora cometeu um equívoco de não se atentar que este bordão foi forte na época do regime militar. A ideia das vinhetas é para dar mensagem de união, esperança e otimismo aos telespectadores brasileiros e aos que não são, porém vivem no país“, informou a assessoria.

Assim que foram exibidas as primeiras chamadas na TV, a web repercutiu negativamente a ideia da emissora de Silvio Santos. Tanto a frase marcante quanto as outras, como: “Brasil de encantos mil“, “Brasil, pátria amada” e “Eu te amo, meu Brasil, eu te amo“, deixaram o público incomodado.

Confira:

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!