Após ser vacinada, Regina Duarte volta a defender Ivermectina no combate à Covid-19

Regina Duarte
Defensora de Jair Bolsonaro, Regina Duarte volta a defender medicamentos não comprovados contra Covid-19 (Imagem: Reprodução / Facebook)

Regina Duarte utilizou seu perfil no Instagram para voltar a defender o uso da Ivermectina e de outros medicamentos no combate à Covid-19 – todos eles rejeitados pela Organização Mundial de Saúde e indicados pelo presidente Jair Bolsonaro.

A contradição é que a atriz recebeu na semana passada a primeira dose da vacina contra a Covid-19, que já foi diretamente criticada pelo ocupante do Planalto.

Através de um vídeo compartilhado na rede social, a ex-Secretária Especial da Cultura mostrou o depoimento do médico norte-americano Pierre Kory, que ganhou destaque durante a pandemia por defender o uso de medicamentos sem eficácias comprovadas para o tratamento da doença.

Na guerra contra o coronavírus ou Covid-19, ou seja lá que nome a peste tenha, informação é arma poderosa. O golpe está aí, cai quem não se informa. Cai quem aceita ficar só com um tipo de informação. Cada um é responsável por suas opções“, reforçou a famosa na legenda do post.

Nos comentários, alguns apoiadores parabenizaram a atitude da aliada do presidente. “Negacionismo é não aceitar outras possibilidades“, escreveu uma seguidora. “Acho que as pessoas tinham que ter liberdade para tomar o remédio e o médico de receitar, pelo menos estariam tentando salvar vidas e não ficar nessa discussão política que não faz efeito. Conheço muitas pessoas que se trataram com Ivermectina e Azitromicina e nem precisaram internar“, complementou outra.

Horas antes, Regina também postou um outro vídeo, desta vez com Felipe Titto falando sobre sua experiência com o denominado kit Covid. O ator testou positivo para a doença após participar de eventos com aglomerações durante o alto índice da pandemia, em novembro do ano passado.

Não consigo dormir com a consciência em paz se não partilhar este depoimento com vocês. Sinto que precisamos de um contraponto diante dos agressivos e infindáveis anúncios terrotistas que os agentes do vírus vêm impondo à nossa gente“, escreveu a ex-global em parte da postagem.

Por que não falamos também das vitórias? Por que não falamos também das possibilidades de prevenção? Do que vem dando certo? Do direito que temos de divulgar não somente a morte, mas a vida?! Por que não falamos de esperança?“, complementou.

Confira:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Regina (@reginaduarte)

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Regina (@reginaduarte)

Elson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›