Após sugerir morte de deputada, Ratinho anuncia decisão

Ratinho
Após sugerir morte de deputada, Ratinho anuncia decisão (Imagem: Reprodução / SBT)

Após gerar polêmica ao sugerir a morte da deputada Natália Bonavides, do PT, por conta de um projeto que pretende retirar a expressão “marido e mulher” da união civil, em um aceno à diversidade afetiva existente no Brasil, Ratinho decidiu voltar atrás.

Na última quinta-feira (16), por meio de seu programa na rádio Massa FM, o apresentador afirmou que, devido ao rebuliço que sua fala causou, não pretende mais se manifestar sobre assuntos que envolvem política.

“Aliás, nós temos que colocar mais fofoca nesse programa e menos política porque nós estamos passando por um período de muito radicalismo. É radicalismo dos dois lados. Radicalismo muito da direita e um radicalismo muito da esquerda”, iniciou.

“Então, qualquer comentário, os da esquerda mudam conforme eles querem e os da direita mudam conforme eles querem. Então, eu, por exemplo, vou evitar de fazer comentário porque qualquer comentário eles mudam aqui o seu pensamento”, disparou em seguida.

Ratinho continuou o desabafo acusando a imprensa de ter distorcido sua fala: “A imprensa, a mídia social muda o que você está falando. Você não tá falando com aquela intenção, mas… Às vezes, você tá falando um negócio até de brincadeira e vão lá e mudam conforme o interesse deles”.

“O da direita radical e o da esquerda radical também. Então, tá muito chato isso e eu vou sair a partir de hoje dessa chatice”, completou o contratado do SBT.

Deputada reage contra Ratinho

Pela internet, Natália afirmou que a declaração de Ratinho representa um crime. Para quem está por fora, em seu programa de rádio, o apresentador comentou:

“Natália, você não tem o que fazer, não? Você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa a caixa do teu marido, a cueca dele, porque isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. Tinha que eliminar esses loucos? Não dá para pegar uma metralhadora, não?”.

Sobre esse assunto, a deputada disse o seguinte: “O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido”.

Ela ainda acrescentou: “Essas ameaças e ataques covardes não ficarão impunes. O apresentador utilizou uma concessão pública para cometer crime. Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente”.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Álvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›