Após virar ministro de Bolsonaro, genro de Silvio Santos apaga elogios a Lula e Dilma

Silvio Santos
Genro de Silvio Santos, Fábio Faria foi fiel a Lula e Dilma (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Novo ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN) deixou o passado para trás, literalmente. Novo membro da ala bolsonarista, o genro de Silvio Santos tomou uma decisão drástica: apagou de suas redes sociais as declarações favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à ex-presidente Dilma Rousseff.

Em uma das colocações do marido de Patrícia Abravanel, ele deixou claro que votou no líder do PT em 2002 e 2006. “Faço parte do conselho político de Lula como Líder do PMN há 3 anos e por isso mantenho minha coerência em votar em Lula desde 2002”, declarou o novo ministro do governo no Twitter na época.

Segundo o site O Antagonista, as comunicações se tornaram um elo na família Faria. O pai do deputado é dono de uma rádio AM no interior do Rio Grande do Norte. Ex-governador do estado, Robinson Faria é sócio da Rádio Agreste.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou em coletiva de imprensa que a chegada do 23º Ministério não aumentou a despesa. “Não houve aumento de despesa, zero. Nenhum cargo foi criado. O Fábio Faria pode optar receber o salário como deputado ou como ministro. Não tem aumento de custo nenhum”, enfatizou.

Como atribuições, o Ministério das Comunicações ficou responsável pela política nacional de telecomunicações, política nacional de radiodifusão e política de comunicação e divulgação do Governo Federal.

Confira:

Fábio Faria
Deputado Fábio Faria apoiou Lula e Dilma (Imagem: Reprodução / Twitter)
PRÓXIMA MATÉRIA→

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

RECEBA NOTIFICAÇÕES GRÁTIS