Astrid Fontenelle toma atitude polêmica com presente de Juliette: “O que vou fazer com isso?”

Astrid Fontenelle rejeita presente de Juliette (Imagem: Reprodução – Globoplay / Montagem / RD1)

Depois do BBB 2021, Juliette Freire tem tentado apostar em sua carreira de cantora e vem contando com o apoio de vários famosos, porém, Astrid Fontenelle não pareceu muito interessada no assunto.

Prova disso é que ela recebeu um brinde com vários presentes personalizados da cantora há algum tempo, por conta do lançamento do seu EP, mas resolveu se desfazer da caixa com alguns itens.

Nos Stories do Instagram, ela fez questão de gravar um vídeo dizendo que não tinha o que fazer com aquilo e disse que deixaria tudo na praça, esperando que alguém levasse. “Vou deixar na praça”, disparou.

Sua ideia, segundo ela, era entregar as coisas para os fãs da famosa. “O que eu vou fazer com isso, gente?”, questionou, referindo-se às fotos, camiseta e porta copos da cantora, ao anunciar a decisão.

“Eu acho que tem fã da Juliette que queria muito essa caixa”, refletiu. Porém, uma hora depois de ter deixado a caixa no lado de fora da casa, ninguém havia se interessado em pegar.

O vídeo, claro, acabou repercutindo nas redes sociais. Vale lembrar que, recentemente, Juliette mirou em algumas das profissões mais desejadas da web.

Depois do primeiro milhão e meio no bolso, a famosa se arriscou na música, na apresentação de programas de TV e, nas últimas semanas, colocou a atuação como mais uma de suas metas.

Dentro da Globo, surgiu uma conversa sobre a paraibana no elenco do remake de Pantanal como participação especial, contudo, o boato não passou disso.

O motivo? Segundo a jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Juliette Freire recebeu um redondo não do Sindicato dos Artistas e não conseguiu o DRT, o registro profissional para a área.

A Globo negou a informação, mas o presidente do Sindicato dos Artistas, Hugo Gross, confirmou o pedido do DRT online da ex-BBB há pouco mais de um mês. Ele contou que foi um processo de tramitação normal.

“A gente não pode liberar o registro para Juliette porque não há trabalhos suficientes que comprovem que ela seja atriz, portanto não há embasamento profissional para que ela detenha um DRT. O documento enviado pela equipe de Juliette, com objetivo de comprovar seus trabalhos como atriz, tinha apenas imagens da cantora fazendo comerciais para algumas lojas, após sua saída do BBB”, explicou em contato com a jornalista.

A Globo, no entanto, não pensou no plano B: caso queira, a emissora paga 20% do cachê de Juliette Freire para o sindicato, que libera uma autorização específica para um determinado personagem.

Confira:

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›