Audiência da TV: Edição especial coloca Fina Estampa entre hits das nove

Fina Estampa
Lilia Cabral (Griselda) em Fina Estampa; novela atingiu ótima audiência durante segunda passagem por faixa das nove (Imagem: Reprodução / Globo)

Para Fina Estampa (2011), missão dada é missão cumprida. Escolhida pela Globo para manter o horário das nove em alta durante a pausa de Amor de Mãe – causada pela pandemia de coronavírus –, a novela de Aguinaldo Silva chegou ao fim na sexta-feira (18) com audiência nas alturas. O resultado obtido colocou a edição especial entre os hits da faixa nestes últimos cinco anos.

Dados aferidos na Grande São Paulo, praça de maior relevância para o mercado publicitário, mostram que Fina Estampa acumulou 33,6 pontos de média geral. Trata-se do quarto melhor índice alcançado por um folhetim exibido às 21h de 2015 para cá, atrás apenas de O Outro Lado do Paraíso (2017), A Dona do Pedaço (2019) e A Força do Querer (2017) – respectivamente, 38,2 pontos, 35,9 de média e 35,7.

A reprise da trama estrelada por Lilia Cabral (Griselda) e Christiane Torloni (Tereza Cristina) superou os 33,4 pontos de Segundo Sol (2018), os 30,5 da primeira fase de Amor de Mãe, os 29 de Velho Chico (2016), os 28,8 de O Sétimo Guardião (2017), os 28,5 de A Regra do Jogo (2015), os 27,2 de A Lei do Amor (2016) e os 25,4 de Babilônia (2015).

Cabe lembrar que a exibição original de Fina Estampa amealhou o maior número desta década, 39 de média geral. Por conta de tal desempenho, a produção foi “convocada” pela Globo para o horário pós-Jornal Nacional. A leveza do enredo – apesar dos planos maléficos de Tereza Cristina, que sempre deu com os burros n’água – também influenciou a escalação.

Vale destacar o desempenho dos últimos cinco capítulos de Fina Estampa. Entre 14 e 19 de setembro, a novela anotou 37 pontos, melhor média semanal da reapresentação. Neste período, 30,8 para Totalmente Demais (2015), 20,3 de Flor do Caribe (2013), 19 com Malhação – Viva a Diferença (2017) e 18,5 para Laços de Família (2000) em Vale a Pena Ver de Novo.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.