Audiência da TV: Flor do Caribe fecha primeira semana em baixa

Flor do Caribe
Grazi Massafera (Ester) e Henri Castelli (Cassiano) em Flor do Caribe; edição especial perde audiência ao longo dos seis primeiros capítulos (Imagem: Reprodução / Globo)

A audiência da edição especial de Flor do Caribe (2013), da Globo, oscilou para baixo ao longo dos seis primeiros capítulos, exibidos entre 31 de agosto e 5 de setembro. Dados obtidos na Grande São Paulo atestam, porém, o ligeiro crescimento no comparativo com a antecessora Novo Mundo (2017). Êta Mundo Bom (2016) em Vale a Pena Ver de Novo e Malhação – Viva a Diferença (2017) também demonstraram tendência de alta.

Flor do Caribe atingiu 19,3 pontos em sua primeira semana ante 19,1 de Novo Mundo. Na estreia, 21,7 de média; no sábado, apenas 16 – na sexta-feira (4), o folhetim escrito por Walther Negrão chegou a 19,4 pontos, após os 18,6 e os 18,8 de quarta-feira (2) e quinta-feira (3). Em cena, o plano de Alberto (Igor Rickli) para afastar Ester (Grazi Massafera) e Cassiano (Henri Castelli), articulado sobre a prisão e consequente morte do piloto.

A trama das seis ficou abaixo de Êta Mundo Bom, com impressionantes 24,3 de média semanal. O título em reprise no Vale a Pena Ver de Novo destacou o sequestro de Filomena (Débora Nascimento), manobra de Sandra (Flávia Alessandra) e Ernesto (Eriberto Leão), para extorquir Anastácia (Eliane Giardini) e Candinho (Sergio Guizé), sogra e noivo da mocinha. Na semana anterior (24 a 28 de agosto), foram 23,4 pontos.

Malhação anotou 20,6 de média com as cenas que mobilizaram Bóris (Mouhamed Harfouch) e Lica (Manoela Aliperti) – após Malu (Daniela Galli) insinuar que o professor havia assediado a aluna – e Tato (Matheus Abreu) e Aldo (Cláudio Jaborandy) – filho e pai tentaram se entender, com este último prometendo deixar a bebida. Os capítulos de 24 a 28 de agosto amealharam 19,4.

Totalmente Demais (2015) oscilou de 30,4 para 29,5 pontos. O foco esteve na viagem de Eliza (Marina Ruy Barbosa) para o Uruguai. Carolina (Juliana Paes) e Rafael (Daniel Rocha) aproveitaram da ocasião para forjar o envolvimento dele com a modelo, afetando o namoro dela com Arthur (Fábio Assunção), bem como a relação com o pai, Germano (Humberto Martins), com quem o fotógrafo não consegue se entender.

Fina Estampa (2011) caiu de 34,4 para 33,9 de média. A narrativa compreendeu o tiro que Tereza Cristina (Christiane Torloni) disparou contra o ex-marido René (Dalton Vigh), que desejava levar os filhos para bem longe da mãe, cada dia mais desequilibrada. Também o acerto de Paulo (Dan Stulbach) e Ester (Júlia Lemmertz), em meio à disputa de guarda da filha que ela gerou a partir do óvulo de Bia (Monique Alfradique).

CONTINUE LENDO →
Duh Secco

Duh Secco é  “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com