Audiência da TV: Record surra SBT no PNT em junho

Record
Bianca Rinaldi no papel-título de A Escrava Isaura; reprise auxilia canal de Edir Macedo em guerra de audiência contra SBT (Imagem: Divulgação / Record)

Com o SBT em baixa – por conta das mudanças de grade promovidas por Silvio Santos e do desgaste de várias atrações –, a Record nadou de braçada na média dia e na média 24 horas do Painel Nacional de Televisão (PNT) em junho. Foi o terceiro mês consecutivo de vice-liderança de audiência, considerando tais parâmetros, para a emissora; também nas médias manhã e tarde.

Considerando a faixa das 7h à meia-noite (média dia), a Record alcançou 5,5 pontos, abrindo 11% de vantagem sobre o SBT, que acumulou 5. Na média 24 horas, o canal amealhou 4,138 e 10,99% de participação no número de televisores ligados (share).

Já na média manhã, entre 7h e 11h59, a Record assegurou 3,4 pontos versus 3 do SBT; neste período, a estação destaca os telejornais Balanço Geral e Fala Brasil, bem como a revista eletrônica Hoje em Dia.

Na média tarde, de meio-dia às 17h59, foram 6,5 pontos; aqui, 30% de vantagem sobre a principal concorrente que padece com o Triturando, enquanto a Record vai bem com Balanço Geral, reprises de novelas e Cidade Alerta.

Cabe lembrar que a Record promete novos investimentos para julho. Além de reforma completa em cenários e vinhetas de noticiários, a emissora promove a estreia de Carolina Ferraz no Domingo Espetacular. Ainda, a expectativa para o próximo título das 15h15, substituto de A Escrava Isaura (2004), o melhor número da dramaturgia da casa, com término previsto para agosto.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.