Audiência de domingo mostra apreço por Celso Portiolli e informação

Celso Portiolli
Celso Portiolli à frente do Domingo Legal deste domingo (15); apresentador eleva audiência do SBT (Imagem: Reprodução / SBT)

O recado da audiência é claro: domingo é dia de Celso Portiolli e de Fantástico. Anteontem (15), o apresentador do Domingo Legal, do SBT, ampliou a vantagem sobre a Record – no confronto com Domingo Show de Sabrina Sato e Hora do Faro com, claro, Rodrigo Faro. Já o dominical de Poliana Abritta e Tadeu Schmidt respondeu pela maior audiência da Globo ao longo do dia, com a cobertura da pandemia do coronavírus.

Sem plateia, justamente por conta do Covid-19, o Domingo Legal assegurou 8,7 pontos, 10,5 de pico e 19% de participação no número de televisores ligados (share), das 11h às 15h20. Índice 135% superior ao da Record. Mais do que o anotado no domingo anterior (8), quando Portiolli registrou 7,9 frente 4,2.

Eliana, em contrapartida, caiu: dos 10,9 amealhados no retorno das edições inéditas, destacando uma entrevista com o colega Ratinho, para 8,3 pontos, focalizando a história de vida de uma boleira. O público, ao que tudo indica, aprecia conteúdos mais amenos, como bate-papo com famosos, do que relatos emocionantes.

Os telespectadores também confirmaram que a nova grade da Record não funcionou. O Hoje em Dia foi de 3,1 (dia 8) para 3 (dia 15). O Domingo Show caiu de 3,8 para 3,3. O Hora do Faro manteve 6,4 nas duas semanas. O The Four Brasil, com Xuxa Meneghel, saiu de 6,4 para 5. O Domingo Espetacular acabou atingido, indo de 8,9 para 8,3. E o Câmera Record desceu de 7 para 5,3.

Na Globo, o Fantástico arrebatou 24,4 pontos. A revista eletrônica dedicou praticamente todo seu tempo à repercussão da pandemia mundo afora. O Campeonato Paulista, com Corinthians x Ituano, marcou 21,7. Ainda, 20,1 do BBB 2020, 19,3 para o Domingão do Faustão, 17,9 com Os Farofeiros (2018) na Temperatura Máxima, 15,1 do The Voice Kids e 11,6 do Esporte Espetacular.

O noticiário de Bárbara Coelho e Lucas Gutierrez obteve uma rara vitória sobre o Globo Rural (11,1), maior destaque das manhãs de domingo da emissora. O conteúdo foi sensivelmente alterado: ao invés de pautas divertidas ou “inspiradoras”, a cobertura da prisão de Ronaldinho Gaúcho no Paraguai – e o primeiro episódio de uma série sobre o craque, agora encalacrado com a Justiça.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox