Audiência do SBT no PNT contempla apenas dominicais e novelas

SBT
Lorena Queiroz (Dulce Maria) em Carinha de Anjo; dados do PNT mostram êxito de novelas e dominicais do SBT (Imagem: Lourival Ribeiro / SBT)

Os dados de audiência relativos ao SBT no Painel Nacional de Televisão (PNT), entre 3 e 9 de janeiro, indicam que só os programas de domingo e as novelas atravessam boa fase. Das atrações exibidas de segunda a sexta-feira, apenas o Programa do Ratinho e o Cupom Premiado do Baú marcaram presença – graças ao impulso proporcionado pela reapresentação de Carinha de Anjo (2016).

No índice aferido em 15 regiões metropolitanas, o Programa Silvio Santos, a cargo de Patricia Abravanel, aparece em 1° lugar com 6,8 pontos. O Roda a Roda Jequiti (6,3), também conduzido pela filha de número 4, surge na 3ª posição. Ainda, a atração de Eliana (6,1) no 6° lugar, Domingo Legal com Celso Portiolli (6,1) em 7° e o sorteio da Tele Sena (5,8) em 10°.

Carinha de Anjo, que cresceu consideravelmente nos últimos dias, ocupou a vice-liderança do ranking do SBT no PNT com 6,6 de média. Te Dou a Vida alcançou 6,2 pontos, enquanto Amanhã é Para Sempre atingiu 5,9. Os folhetins mexicanos fecharam na 5ª e na 8ª posição. O Cupom Premiado do Baú, no 3° lugar, consolidou 6,4. O Programa do Ratinho, em 9°, registrou 5,9.

O desempenho do canal de Silvio Santos indica o fracasso da grade atual. Atrações como Casos de Família e Fofocalizando garantem números inexpressivos. A linha de shows, defasada, também não se sustenta. O SBT Notícias, investida recente para turbinar a audiência, perdeu força entre a estreia, na segunda (10), e a edição de ontem (12). O cenário é, de fato, preocupante.

Mundo afora

A Globo já anuncia a estreia de Pantanal no mercado internacional. A primeira versão da novela de Benedito Ruy Barbosa fez sucesso no exterior. A obra da Manchete porém, está defasada quanto às novas tecnologias, fora os imbróglios relativos aos direitos.

A opção por remakes sempre passa também pelo interesse de canais lá de fora em produtos daqui. Foi para atender esta demanda que a Globo refez Selva de Pedra (1986); o original de 1972, em preto e branco, não despertava interesse. Vai daí que uma possível regravação de Xica da Silva (1996) não causaria surpresa…

Vem aí

A EPTV, afiliada da Globo no interior de São Paulo e no Sul de Minas Gerais, adiou para abril a estreia de Trilhas de Aventuras. O programa comandado por Sanner Moraes, aventureiro conhecido por suas investidas arriscadas, será exibido aos sábados, 7h20, entre 9 e 30 de abril.

Justa homenagem

O I Concurso de Dramaturgia Flávio Migliaccio rendeu os livros Rio Bonito e O Super Tio, que reúne os seis textos vencedores das categorias adulto e infantil. A publicação é da Editora Funilaria em parceria com a Frankfurt Produções – que já anunciou a segunda edição da empreitada, criada por Francis Ivanovich.

O concurso é uma homenagem ao ator, diretor, produtor e roteirista Flávio Migliaccio, de trabalhos, na TV, como O Primeiro Amor (1972), As Aventuras de Tio Maneco (1981) e A Próxima Vítima (1995). Ele cometeu suicídio em maio de 2020; em sua carta de despedida, lamentou o abandono dos idosos no país.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›