Autora de sete temporadas de Malhação faz desabafo sobre atitude da Globo

Malhação
Alessandra Poggi desabafou sobre o fim de Malhação (Imagem: Divulgação / Globo)

A notícia do cancelamento de Malhação pegou todo mundo de surpresa e muitos autores e atores estão lamentando a situação. A novela teen da Globo chegará ao fim no ano que vem, logo depois do encerramento da temporada Sonhos (2014).

Alessandra Poggi usou o seu perfil do Instagram, na manhã desta sexta-feira (01), para desabafar sobre o assunto. A escritora participou da colaboração com outros autores por sete temporadas de Malhação, entre 2004 e 2009.

“Posso dizer que foi com ela que me formei roteirista. Berço de novos talentos, tinha a missão de trazer para dentro da casa do espectador o diálogo entre pais e filhos nessa fase tão desafiadora que é a adolescência. E também de atrair para a TV o público jovem que migrou para o streaming, e assim garantir a renovação constante da nossa audiência“, escreveu.

Alessandra Poggi ainda ressaltou: “O fim do programa fecha essas portas, o que é muito triste. Torcendo para que outras igualmente significativas se abram. Fica aqui meu obrigada aos autores, diretores, produtores e elenco com quem já trabalhei”. “Malhação vai fazer muita falta”, completou a autora.

Ontem (30), Eduardo e Marcos Carvalho, que seriam os autores responsáveis pela nova temporada da trama teen, se manifestaram após a notícia envolvendo o folhetim. Conhecidos como Irmãos Carvalho, os escritores agradeceram as mensagens e ainda deixaram claro que “o sonho continua”.

“Um sonho que não é só de nós dois, nem só da equipe, nem só do elenco. Sonho dos que vieram antes de nós e nos abriram caminho. Sonho de Ruthes e Otelos. Sonho de Zezés e Miltons. E de milhões de brasileiros”, afirmou os autores.

Os Irmãos Carvalhos também ressaltaram: “O sonho da tela da TV ser menos janela e mais espelho. Menos janela pra um Brasil de bairro nobre de Rio ou São Paulo e com cor de Suíça. E mais espelho de nós mesmos, do Brasil real. Um Brasilzão grande e complexo. Cheio de dor e alegria, miséria e irreverência. E cor. Muitas. Todas”.

A publicação ainda tinha uma foto em que mostra os dois “sarrando” no ar ao lado dos prêmios que conquistaram com o curta-metragem “Chico”. Eles destacaram que isso é “para lembrar que a favela é potência e magia”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›