Avenida Brasil bate recorde de média semanal com “Viradão OiOiOi”

Avenida Brasil
Débora Falabella (Nina) em Avenida Brasil; novela faz audiência do Vale a Pena Ver de Novo disparar (Imagem: Raphael Dias / Globo)

A reprise de Avenida Brasil (2012) em Vale a Pena Ver de Novo ultrapassou a média semanal da inédita Malhação – Toda Forma de Amar pela 2ª semana consecutiva. Com os capítulos exibidos entre 10 e 14 de janeiro, a novela de João Emanuel Carneiro consolidou o melhor desempenho da faixa em audiência desde as últimas emoções de Por Amor (1997), em outubro do ano passado. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

Avenida Brasil emplacou 19,8 pontos, acima dos 19,7 obtidos entre 3 e 7 de fevereiro. A média semanal, recorde, é a maior desde os 22,1 dos cinco capítulos finais de Por Amor, exibidos de 7 a 11 de outubro – junto dos cinco iniciais do atual cartaz da sessão. O foco esteve no chamado “Viradão OiOiOi”, com Nina (Débora Falabella) levando a madrasta má Carminha (Adriana Esteves) à loucura.

Já Malhação garantiu 18,7 de média, abaixo da reapresentação e dos 19 da semana anterior. Éramos Seis cresceu, de 20,7 para 21 pontos, com a repercussão da morte de Carlos (Danilo Mesquita), primogênito de Lola (Gloria Pires). Salve-se Quem Puder, por sua vez, foi de 26,8 para 28,3. Em foco, as tentativas de Alexia / Josimara (Deborah Secco) e Kyra / Cleyde (Vitória Strada) de aproximarem-se de suas famílias.

Amor de Mãe oscilou para baixo, indo de 31,4 para 31,2 de média. A trama compreendeu a descoberta de Álvaro (Irandhir Santos) sobre a irmã bastarda, Betina (Isis Valverde). Também Lurdes (Regina Casé), que acreditou ter encontrado seu filho Domênico; na verdade, o farsante Elias (Ravel Andrade), interessado em conviver com o ídolo Ryan (Thiago Martins).

No SBT, Meu Coração é Teu foi de 6,1 para 6,6 pontos. Betty, A Feia em NY manteve 7,1 nas duas semanas. Já As Aventuras de Poliana e Cúmplices de um Resgate (2015) caíram, respectivamente, de 9,5 para 9,4 e de 8,4 para 8,3.

Na Record, apenas A Escrava Isaura (2004) segurou os índices: 6,6 de média nas duas semanas. Caminhos do Coração (2007) desceu de 4,7 para 4,6 pontos; Amor Sem Igual caiu de 8,1 para 7,8 de média; O Rico e Lázaro (2017) foi de 7,1 para 7.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox