BBB 2021: Carla Diaz não é a culpada; ela é a vítima!

Carla Diaz
Carla Diaz abraça Arthur após a eliminação de Projota do BBB 2021 (Imagem: Reprodução / Globoplay)

A eliminação de Projota, com merecidos 91,89% dos votos no paredão da última terça-feira (16) do BBB 2021, desencadeou uma enorme repercussão nas redes sociais a partir das cenas que rolaram na casa enquanto o cantor conversava com Tiago Leifert.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

Abatido, o inabalável Arthur… se abalou. E pasmem: chorou como nunca antes na história dessa edição. Chocou ao mostrar que também lacrimeja. Que tem coração. Escondeu-se sob os edredons, em momento patético. E foi consolado por Carla Diaz, na cena (foto acima) que rendeu um naco de memes. Pura brotheragem.

Muitos apontaram o dedo para a atriz, alegando que ela não dispõe de amor próprio, que prioriza um relacionamento tóxico baseado na indiferença. Vê-la como vítima desse enredo, porém, não é romantismo.

Perceber um relacionamento tóxico, e a falta de amor próprio, não sendo parte envolvida é bem mais fácil do que sendo parte da situação, como ela é. A paixão cega. Fabrica perfeição onde não habita amor. Simples assim.

Carla Diaz não é a culpada. É a vítima. Da indiferença. Da falta de reciprocidade. Do eu te amo vazio. Do olhar vago. Do beijo sem sentido. Do abraço sem amasso. Carla Diaz não é a culpada. É a vítima. Do egoísmo evidente. Do carinho inexistente. Da preocupação que mente. Do desapego que sufoca. Do desamor que enforca. Do conveniente que não convence.

Apoiem as Carlas. Há muitas ao nosso redor. Troquem o dedo apontado pelo abraço, pelo colo, pelo alerta, e pela ajuda, sempre bem-vinda e necessária nessas horas. Aos Arthurs, o desprezo e o desapego.

A indiferença estraçalha os corações, ainda que eles já carreguem uns buraquinhos…

MAIS LIDAS

João Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email [email protected].
Veja mais ›