BBB 2021: Namorado de João Luiz explica razão da demora em revelar sua bissexualidade

BBB 2021
Namorado de João Luiz, do BBB 2021, explica razão da demora em revelar sua bissexualidade (Imagem: Reprodução / Instagram)

Apesar de João Luiz ser mais discreto ao falar de sua vida pessoal no BBB 2021, ele tem um namorado chamado Igor Moreira, que tem se dedicado na torcida pelo amado. Depois que ele viu o brother da Pipoca falar sobre bissexualidade, contou porque demorou a revelar sua condição sexual.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

No Twitter, o rapaz esclareceu que só abriu a verdade para João depois de alguns meses de namoro, com medo de ser julgado ou discriminado, coisa que não aconteceu: “Eu contei para João que era bissexual oito meses depois, porque eu achava que ele iria terminar comigo quando eu contasse”.

Numa conversa com Juliette, o professor de Geografia falou do próprio relacionamento: “O Igor, meu namorado, é bissexual. Muitas coisas chegaram para a gente, das pessoas acharem que ele estava em dúvida, ou me gerando uma insegurança tipo ‘ele vai trocar por uma mulher’. O que não tem nada a ver”.

Muita gente entende e encara a bissexualidade como confusão ou indecisão. E como se fosse você gostar 50% de homem e 50% de mulher. Mas, na real, não é assim que funciona”, continuou João Luiz, reclamando de estigmas que a pessoa bissexual acaba sofrendo em sua vida.

Por fim, o mineiro contou que esse tipo de atitude acaba o entristecendo diretamente: “Isso é muito delicado para a gente, porque para mim nunca foi um problema, mas para as pessoas era um problema”.

O casal completa 5 anos de relacionamento em julho, sendo que 3 deles foram vivendo em cidades diferentes. João Luiz e Igor Moreira moram juntos desde 2020 e não passam pela rejeição da família, que os apoia como são.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›