BBB 2021: Preta Gil polemiza ao insinuar que “parte ruim” do Brasil eliminou Gilberto

BBB 2021
Preta Gil polemiza ao insinuar que “parte ruim” do Brasil eliminou Gilberto do BBB 2021 (Imagens: Reprodução – Instagram – Globoplay / Montagem – RD1)

Gilberto foi um dos nomes fortes para vencer o BBB 2021, mais numa disputa acirrada contra Camilla de Lucas — e Juliette — deixou a casa mais vigiada do Brasil com 50,87% dos votos. Preta Gil, que administra a assessoria que cuida da carreira do pernambucano, polemizou ao criticar as pessoas que o eliminaram.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

A saída do doutorando em Economia acabou chocando uma parcela expressiva do público, rendendo a seguinte mensagem da cantora: “Os três emparedados são lindos e amados o que estraga é esse fanatismo aqui no Twitter !!! Gente do céu, menos muito menos”.

Pouco tempo depois, Preta se revoltou com quem votou para eliminar Gilberto e fez uma crítica nada positiva, no meio da mensagem de exaltação para seu favorito: “Meu campeão, protagonista sim, indestrutível sim, inesquecível! Vem pra cá porque o Brasil, a parte boa desse Brasil te ama! Estamos aqui de braços abertos pra te amar”.

Internautas automaticamente criticaram essa fala, como um que escreveu o seguinte: “Desnecessário isso de colocar que a parte boa ama..quem voltou contra é a parte ruim? Nossa,nos respeita assim como respeitamos o Gil e reconhecemos o mérito dele”.

Outra pessoa no Twitter seguiu rebatendo a postura de Preta Gil: “Não é porque votamos em um jogo que somos parte ruim. Tanta gente aqui (como eu), que admira sua representatividade e falar algo pesado assim?!”. Houve quem reparasse que, depois de tudo, Camilla de Lucas não ganhou post de torcida para vencer, mesmo sendo de sua assessoria.

Confira:

128024 votes · 128024 answers
VOTE E VEJA O RESULTADO

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›