Bem, Amigos! reduz comentaristas no estúdio por descontrole da pandemia

Bem, Amigos
SporTV visa segurança dos funcionários e diminui comentaristas no Bem, Amigos! (Imagem: Reprodução / SporTV)

De olho no aumento do número de casos e mortes de Covid-19 no país, o SporTV adotou medidas rígidas em suas dependências, e deu como maior exemplo o seu principal programa esportivo, o Bem, Amigos!, que restringiu o número de comentaristas dentro do estúdio.

Na última segunda-feira (22), Walter Casagrande e Alexandre Lozetti eram os únicos comentaristas no estúdio do programa, que foi comandado por Cléber Machado. Enquanto Casagrande estava do lado esquerdo do estúdio, Lozetti estava do lado direito. Distante, Cléber comandou tudo próximo do telão do Bem, Amigos!.

“Você vai ver que o cenário do Bem, Amigos está igual, mas diferente. Na medida em que nós entendemos que a pandemia vive um momento muito grave, perigoso”, explicou o narrador.

Os comentaristas que eram figuras carimbadas no estúdio participaram por chamada de vídeo: Caio Ribeiro, Paulo Vinícius Coelho e Roque Júnior. O narrador e apresentador oficial do programa, Galvão Bueno não apareceu de forma remota pois entrou de férias.

Ontem (23), o país registrou pela primeira vez mais de 3 mil mortes por Covid-19 em 24 horas desde o início da pandemia, em março do ano passado. No total, 3.158 pessoas perderam a vida para o coronavírus, e aumentou o número de mortos para 298.843 vítimas. No último dia, 84.996 casos foram confirmados, elevando o número total de contaminados para 12.136.615.

No mesmo programa, Casagrande não se segurou e soltou o verbo contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate ao coronavírus no país. “Quando a principal liderança de um prédio, de um bairro e, principalmente, de um país, como é o presidente Jair Bolsonaro, quando uma liderança como aquela é totalmente destrutiva ao país, é uma liderança de terror, de morte”, refletiu.

“A estrada que o presidente Jair Bolsonaro pegou é uma estrada de morte, não dele, mas da população”, considerou o ex-jogador. “Ele nunca virou para a estrada da vida. Ele permanece na mesma estrada, que é a da morte”, afirmou.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›