Bolsonaristas perdem a linha após JN “jantar” Bolsonaro e atacam a Globo

William Bonner
No JN, William Bonner é enérgico em resposta a discursos de Bolsonaro; eleitores do presidente atacam a Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo foi o principal alvo dos eleitores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao longo da madrugada desta quarta-feira (8). No Twitter, os fanáticos pelo atual governo lançaram ataques contra a emissora, que horas antes exibiu uma edição histórica do JN sobre a tentativa de golpe do “capitão”.

O principal telejornal do país jantou o presidente em resposta ao discurso belicista, golpista e longe da democracia exposto por ele em Brasília e em São Paulo.

No JN, William Bonner e Ana Luiza Guimarães expuseram os principais momentos de Bolsonaro nos protestos, a reação de autoridades públicas e de advogados. Juristas defenderam que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade.

Na rede social, os bolsonaristas soltaram palavras de ordem contra o canal líder de audiência e até cogitaram o seu fim a partir do ano que vem.

“Na minha opinião, não tem mais papo com a Rede Globo!”, ameaçou um internauta. “Virou partido político com abstinência de dinheiro público! É vrau!”, completou. “O dia que essa Rede Globo sair do ar será uma vitória para o povo de bem! Lixo!”, detonou outra.

Um terceiro foi além e sugeriu a não renovação da concessão do canal da família Marinho. “Estamos a nove meses para não renovar a concessão da [emissora], devedora de centenas de milhões de impostos. Trocando os atuais nove, ou paga ou perde a concessão. Simples assim”, resumiu. “Que vergonha morar no mesmo país que tem Alexandre de Moraes e Rede Globo”, acrescentou mais um.

Confira a repercussão na web:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›