Bolsonaro debocha e diz que “corrupção para valer” é com a Globo

Bolsonaro
Bolsonaro usa reportagem da Record para atacar a Globo (Imagem: Reprodução / SBT)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou a série de reportagens da Record, O Lado Oculto do Império, e atacou a Globo na noite da última quarta-feira (16). O “capitão” recomendou aos seus seguidores a matéria de quase 10 minutos sobre a emissora rival do atual governo.

Segundo o Chefe do Executivo do país, a TV do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, revelou um esquema bilionário do canal carioca e afirmou no Twitter: “Corrupção para valer é com a família Marinho”.

Internautas alfinetaram o presidente. “Toda corrupção deve ser investigada… E os 89 mil? Algo sobre também?”, questionou um, se referindo aos cheques do ex-assessor Queiroz depositados na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. “Será que eles começaram esse esquema de roubo com 89.000 mil ou abrindo uma loja de chocolate?”, debochou outra.

“Trabalhar que é bom, porra nenhuma. Se ninguém te avisou, [o] Pantanal tá em chamas, quase 1000 pessoas morrendo todo dia, Amazônia batendo recorde de desmatamento, economia indo pro ralo…”, listou um terceiro. “Corrupção é corrupção, inclusive as rachadinhas da sua família”, disparou mais um.

Ontem, a Record informou que a Globo teria se beneficiado de informações privilegiadas sobre a compra de votos que garantiu o Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016. A reportagem afirmou que “ao longo de anos”, o político “manteve uma estreita relação de amizade com Roberto Irineu e João Roberto Marinho, os irmãos que comandam os negócios da Globo”.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.