Bruno Miranda, o Borat de Amor & Sexo, recebe alta após cirurgia e faz desabafo

Bruno Miranda
Bruno Miranda, o Borat de Amor & Sexo foi baleado em novembro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruno Miranda, conhecido por ser o Borat de Amor & Sexo, teve alta hospitalar após passar por uma cirurgia na última sexta-feira (18). Para quem não lembra, em novembro do ano passado, o ator foi baleado durante uma confusão no trânsito. Nessa última internação, ele operou os pontos que se romperam de um procedimento.

Nos Stories do Instagram, o artista contou: “Queria agradecer as mensagens de força. Tive que passar por essa cirurgia, meus pontos internos estavam todos abertos. Mais de 13 centímetros aberto. Na verdade, 13 por 11, uma parada absurda. Poderia sair para fora, empurrar meu intestino, meus órgãos para fora. Eu tive que fazer a cirurgia e ainda estou com dreno aqui”.

Na sequência, o Borat afirmou que estava bem, mas que a cirurgia tinha sido completa: “Eles não esperavam que estava tão grande. Isso foi devido àquele tiro que tomei em novembro”.

Por fim, Miranda recordou o que aconteceu quando tomou o tiro: “Ainda vi matérias falando que fui eu que arrumei confusão. Vou falar novamente para as pessoas que estão falando. Eu malho na Avenida das Américas, parei na rua de trás”.

“Quando desci do carro, vi o acidente na esquina, um carro bateu em outro e capotou. Saí correndo para ajudar, tirei o rapaz do carro. Fui ligar para o bombeiro. Um outro carro parou e foi ajudar. Enquanto estava ligando, o outro, que foi ajudar, e o que sofreu acidente, começaram a discutir, o outro cara puxou a arma, deu o tiro e acertou em mim. Eu estava no telefone“, contou ele.

Chamei o bombeiro para mim mesmo, para a vítima. Eu tirei a pessoa do carro que me deu o tiro. Eu estava passando, ajudei o acidentado. Eu estava indo malhar, apenas“, garantiu.

Em dezembro, durante uma entrevista à revista Quem, Bruno Miranda falou sobre o momento difícil que viveu quando foi baleado. “Tive uma mistura de medo de morrer e ao mesmo tempo tirar força para poder sobreviver. Tudo aconteceu muito rápido. Eu só mentalizei: ‘Não posso morrer. Não posso morrer’. Estava no chão. Tive medo, mas tive que tirar muita força para não desmaiar e me manter acordado até o resgate chegar” disse.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›