Caio Coppolla é chamado de “comunista” após comentário sobre Sergio Moro

Caio Coppolla
Caio Coppolla falou sobre possível candidatura de Sergio Moro (Imagem: Reprodução / Jovem Pan)

De volta para a Jovem Pan, Caio Coppolla surpreendeu com um comentário sobre o ex-ministro Sergio Moro e acabou recebendo críticas de bolsonaristas. No Pânico, o ex-CNN analisou a possível candidatura do ex-juiz à presidência da República.

“A minha decepção pessoal com Moro diz respeito à diferença de postura quando ele era juiz para quando ele navegou pela política. Como juiz, ele demonstrou invejável coragem, se expôs ao risco, isso é louvável e deve ser lembrado, na política eu já não vi essa mesma coragem. O silêncio dele em relação aos excessos do STF é ensurdecedor”, declarou ele.

O bacharel em Direito completou: “Pelo histórico dele, darei o benefício da dúvida a essa candidatura. Eu tenho uma cabeça aberta para ser persuadido que, de repente, ele é uma escolha boa para o país e vai enfrentar o sistema”.

No Twitter, o trecho da entrevista viralizou e muitos bolsonaristas chamaram Caio Coppolla de “comunista”. “Caio Coppolla já é comunista?”, questionou um internauta.

“Gente! Vocês ficaram sabendo que o Caio Coppolla virou comunista na Austrália? Fontes seguras me disseram que ele foi avistado pelado correndo com uma foice na mão no meio da rua!!!!! Que absurdo!”, ironizou outra usuária da rede social.

Um terceiro reagiu: “A régua do bolsonarismo é devidamente regulada. O Caio Coppola foi sair 0,1mm pra tangente, e agora virou um espião comunista. O fanatismo é um troço cabuloso”.

Caio Coppolla na política?

Ainda na entrevista ao Pânico, o famoso também negou a possibilidade de uma candidatura própria nas eleições de 2022: “Para ser um bom candidato você precisa ter independência financeira. Requer uma maturidade emocional que eu ainda não tenho. Não me acho merecedor”.

“Ser representante popular é a honra máxima. Não entendo carreirismo político, para mim isso não faz sentido. Ir para a política seria algo parecido com a retribuição, onde pessoas extraordinárias doam de forma cívica uma parte do seu tempo, energia e vida em prol do próximo. É um compromisso seríssimo, nem me vejo a altura de um desafio dessa natureza.”

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›