Caio Ribeiro descobre câncer após caroço no pescoço e anuncia tratamento

Caio Ribeiro
Caio Ribeiro descobre câncer e anuncia tratamento (Imagem: Reprodução / Globo)

Comentarista de futebol da Globo, Caio Ribeiro revelou na última sexta-feira (3) que foi diagnosticado com câncer. Em vídeo divulgado no Instagram, o ex-jogador descobriu a doença depois que apareceu um caroço em seu pescoço.

O contratado da Globo deu início ao tratamento por meio de quimioterapia e demonstrou plena confiança em um resultado positivo:

“Eu fui diagnosticado com um linfoma, que se chama linfoma de Hodgkin. A boa notícia é que ele tem 95% de cura e meu corpo está respondendo muito bem ao tratamento. Já estou na penúltima sessão de quimioterapia, estou forte, com a cabeça boa, tenho certeza de que em mais 15 dias isso vai passar”.

Com 46 anos, Caio Ribeiro contou que uma das consequências do tratamento é a queda do cabelo, que já começou. “Pretendo continuar trabalhando, estou com energia, com a cabeça boa, mas talvez vocês me vejam um pouquinho mais abatido e mais careca no ar. Mas forte, porque tenho certeza de que a gente vai passar por tudo isso junto”, informou.

O ex-atleta afirmou que decidiu tornar público o diagnóstico pela importância do diálogo e “para tranquilizar todo mundo”.

A doença

O linfoma de Hodgkin é um câncer que se origina no sistema linfático (linfonodos ou gânglios), conjunto composto por órgãos e tecidos que produzem as células responsáveis pela nossa imunidade, e vasos que conduzem essas células através do corpo. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), esse tipo de linfoma pode surgir em qualquer parte do corpo.

Confira o desabafo na íntegra de Caio Ribeiro:

“Vamos passar por isso juntos. Falta pouco!

Quando você recebe uma notícia dessas, é uma porrada! Insegurança, medo… Um monte de coisas passa pela sua cabeça. Eu tinha duas opções: me lamentar ou levantar a cabeça e enfrentar.

Foi na Fisio (que faço prevenção para o meu joelho) que descobri o caroço no pescoço. Obrigado, Cadu Ramos! Você tornou tudo muito mais fácil quando durante um alongamento achou estranho um “carocinho” no meu pescoço.

Fui até o hospital, fiz exames, punções e saiu o diagnóstico: Linfoma de Hodgkin.
Fase 1, super no começo. Localizado só no pescoço. Super tratável e com chances enormes (mais de 90 % de cura). Dos males o menor.

Fase 2, hora de dar a notícia. Essa emociona, dói o coração. O que me destrói é ver as pessoas que você ama sofrendo por sua causa. Contei para quase ninguém, só para a família e poucos amigos. Não gosto de dar notícia que vá deixar os outros preocupados.

Fase 3, o tratamento. Na 2ª faço a penúltima sessão de quimioterapia. Já está no final e tenho certeza que já ganhamos essa luta. É só uma questão de tempo. A cabeça está forte, o corpo reagindo bem e lidando bem com a medicação.

O mais importante é saber que tenho uma família maravilhosa, uma esposa guerreira, companheira, que tá segurando bem a barra. Te amo, amor! Meus amigos, obrigado pelo apoio!

Pai, mãe, Thaty… amo vocês!

Saber que tenho todos vocês ao meu lado é a certeza que vamos virar esse jogo. O jogo da vida!

É acreditar em Deus e na medicina!

Minha equipe médica, a equipe do Dr. Otávio, é fantástica e está me dando todo o suporte necessário.

Vejo vocês no domingo, tem Brasil x Argentina e eu vou estar lá!”.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›