Canal Viva revira baú do humor da Globo para homenagear mães e pais

Canal Viva
O elenco do TV Pirata, um dos humorísticos selecionados para o especial Baú do Humor, no Canal Viva (Imagem: Divulgação / Globo)

Para celebrar o Dia das Mães (10 de maio) e o dos Pais (9 de agosto), o Canal Viva produziu dois especiais a partir do acervo de humorísticos da Globo. Baú do Humor reúne esquetes de clássicos como Viva o Gordo (1981), TV Pirata (1988) e A Grande Família (2001). Conforme adiantado pelo Viva ao RD1, Heloísa Périssé e Lúcio Mauro Filho respondem pelas “cabeças” dos programas.

A coluna apurou que a seleção vai do Satiricom (1974) ao Tá no Ar – A TV na TV (2014), incluindo Os Trapalhões (1977), Chico Anysio Show (1982), A Comédia da Vida Privada (1995) e Zorra Total (1999).

O especial do Dia das Mães, com Heloísa, vai ao ar neste sábado (9) às 21h30 – com reapresentação no domingo (10), 12h30. Na sequência, às 22h, o canal exibe o especial Doce de Mãe (2012), que rendeu o Emmy Internacional de melhor atriz para Fernanda Montenegro. Já o Baú do Humor – Dia dos Pais, então com Lucinho, será exibido no dia 8 de agosto, também às 21h30.

Assim como as novelas, os humorísticos respondem hoje pelo excelente desempenho do Canal Viva em audiência, assegurando a liderança na média 24 horas no primeiro trimestre deste ano.

Atualmente, o canal aposta, além do ‘Zorra’ e da ‘Grande Família’, no Sai de Baixo (1996), no Toma Lá Dá Cá (2007), na série Louco por Elas (2012) e na Escolinha do Professor Raimundo – Nova Geração. Para os próximos meses, a expectativa gira em torno dos lançamentos das novelas Mulheres Apaixonadas (2003) e Sassaricando (1987) – substituindo O Clone (2001) e Brega & Chique (1987).

Canal Viva
Marco Nanini (Teodoro), Giulia Gam (Flor) e Edson Celulari (Vadinho) em Dona Flor e Seus Dois Maridos; Canal Viva resgata minissérie (Imagem: Divulgação / Globo)

Anote aí

A partir deste domingo, logo após a maratona de O Clone, o Canal Viva resgata a minissérie Dona Flor e Seus Dois Maridos (1998). A adaptação de Dias Gomes para a obra de Jorge Amado contempla a trajetória de Flor (Giulia Gam). Após enviuvar, a culinarista se une ao farmacêutico Teodoro (Marco Nanini); o problema é que a relação morna com o novo marido faz com que Flor busque contato com o falecido, o fogoso Vadinho (Edson Celulari). A produção de 20 capítulos vai ao ar apenas aos domingos, às 23h45.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox