Carla Cecato revela crise de choro na Record e desabafa sobre possível retorno à TV

Carla Cecato
Carla Cecato relatou como foi situação que enfrentou (Imagem: Reprodução / Instagram)

Carla Cecato abriu o coração com seus seguidores ao relembrar um episódio que a fez com que deixasse o Jornalismo da Record. Em seu perfil no Instagram, a apresentadora, que foi demitida no ano passado, após 16 anos de emissora, revelou:

“Eu preciso falar a verdade sobre eu ter saído da TV e não estar conseguindo trabalhar com o Jornalismo, pelo menos por enquanto. No início de 2019, eu comecei a sentir alguns sintomas enquanto eu apresentava o jornal. A minha vista ficava turva e eu via tudo preto. Primeiro eu achei que era por falta de sono, né… eu acordava muito cedo”.

Carla relatou que chorou compulsivamente em um certo dia e não conseguiu continuar o comando do Fala Brasil:

Veja Também

“Eu não dormia e estava com uma insônia muito forte. Eu não comia de manhã, eu não consigo acordar e comer. Comia durante o jornal uma fruta e depois eu tomava um café mais completo. Comecei a achar que era por isso: falta de sono e alimentação. Comecei a sentir umas coisas estranhas, vi uma reportagem muito triste e que, infelizmente, era todo dia e uma vez eu chorei no ar. A matéria saiu do ar e eu comecei a chorar compulsivamente”.

“Minha companheira de bancada [Roberta Piza] que fez a próxima matéria já que eu não conseguia voltar. Isso pra mim é inaceitável. Começou a ficar muito difícil e eu tive palpitações. Todos os dias de manhã fazendo o jornal, comecei a me sentir mal, umas tonturas, comecei a me afastar e estava me sentindo muito mal”, recordou.

Ela explicou ainda que, apesar do afastamento do Jornalismo, recebeu convites para voltar, mas não consegue. “Eu já recebi o convite de duas emissoras, muito bacanas, para apresentar jornais no horário nobre. Eu não consegui. Fico muito triste de falar isso, é algo que eu sempre gostei de fazer, mas eu não tô conseguindo”, explicou.

Carla Cecato recebe proposta para ser colega de Sikêra Jr e recusa

Antes do anúncio da abertura de uma loja em São Paulo, Carla Cecato apareceu na lista dos desejos da TV A Crítica, conhecida nacionalmente por conta do programa Alerta Nacional, de Sikêra Jr.

A ex-contratada da Record recusou a proposta do canal independente no Amazonas envolvendo a criação de um jornal transmitido em rede nacional.

A proposta foi feita por Dissica Calderaro, dono do Grupo Calderaro de Comunicação e da TV A Crítica. Ele convidou a jornalista para ir até Manaus e conhecer detalhes do projeto. A informação é do Notícias da TV.

O intuito do executivo era que Carla fosse âncora de um telejornal nacional em horário nobre, logo depois do programa de Sikêra Jr, apresentador responsável pelo Alerta Nacional, exibido pela RedeTV!, e pelo Alerta Amazonas, jornalístico local.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›