Carla Prata relembra relacionamentos abusivos que já viveu

Carla Prata
Carla Prata já foi vítima de três relacionamentos abusivos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Carla Prata abriu o coração e resolveu dividir uma situação delicada que infelizmente muitas mulheres sofrem. Em entrevista ao canal de Jr. Pacheco no Youtube, a ex-bailarina do Faustão contou que foi vítima de três relacionamentos abusivos.

Sem revelar nomes, a famosa contou o que passou em um deles: “Ele chegava e já estava alcoolizado. Ele já quebrou um cabo de vassoura na minha cabeça, já tacou copo de vidro em mim, já quebrou meu carro”.

A influenciadora digital ainda disse que após o conselho de uma funcionária de sua casa, ela foi à delegacia prestar queixa depois que colaboradora entrou em sua frente para evitar mais uma agressão física do namorado.

E violência física não foi a única enfrentada por Carla Prata. A dançarina contou que foi vítima de abuso psicológico. Um homem, de quem chegou a ficar noiva, era muito ciumento e até a afastou de suas amigas e família. Apaixonada por Carnaval, o tal homem quis até proibi-la de frequentar uma escola de samba e até mesmo ir para festas de Carnaval.

Atualmente atenta aos sinais de um relacionamento abusivo, a artista explicou a razão de contar o que já enfrentou: “Falo mais como um alerta para as pessoas não passarem pelo que eu passei”.

No papo, a apresentadora do Festival de Prêmios ainda contou que pode participar de um reality show ainda em 2021. Sem poder revelar o nome da atração por questões burocráticas com a Rede TV!, a famosa adiantou um pouco de como será o programa.

É totalmente o contrário de tudo o que eu já participei. Sem ser reality para brigar, muito pelo contrário. É para você ficar na paz, evoluir como pessoa, no trabalho, em tudo. Evoluir mentalmente. Tive essa reunião ontem e fiquei encantadíssima”, pontuou.

Vale lembrar que Carla Prata também passou por uma situação delicada há algumas semanas. Em conversa com o jornal Extra, a famosa, que teve coronavírus em novembro, revelou que teve trombose por causa da doença e que ainda tem sequelas do vírus.

Acho que estou com essa síndrome da fadiga crônica, que muita gente tem no pós-Covid, assim como muitos têm trombose e embolia pulmonar por conta da doença. Fico apreensiva de não saber até quando sentirei esses sintomas”, desabafou.

Carol BittencourtCarol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais. Apaixonada por séries e filmes, adora passar o tempo na Netflix. Está nas redes sociais no @bittencourt.caroline.
Veja mais ›