Carla Vilhena e Rafael Colombo são afetados por mudanças na CNN Brasil

CNN Brasil
Carla Vilhena e Rafael Colombo pagam o pato após mudanças nos bastidores da alta cúpula da CNN Brasil (Imagem: Reprodução – CNN Brasil / Montagem – RD1)

A alta cúpula da CNN Brasil movimentou mais uma vez as cadeiras dos executivos da empresa, mas desta vez a decisão da chefia mexeu diretamente com dois nomes vistos diariamente pelo público: Carla Vilhena e Rafael Colombo.

Longe da calmaria, o canal de notícias colocou Ellen Nogueira para um contato direto com o vice-presidente Américo Martins. Ela ficou responsável pela gestão e supervisão dos telejornais, de acordo com o jornalista Flávio Ricco, do R7.

No lugar dela, a CNN Brasil escalou Fabiano Falsi, que estava exclusivo dos jornais matinais, como o CNN Novo Dia, ancorado por Colombo, Elisa Veeck e Luciana Barreto. No lugar de Fabiano, o canal convocou Givanildo Menezes, responsável pela estratégia de audiência.

A troca aqui e ali lançou uma fumaça densa de incertezas e de quebra Carla Vilhena e Rafael Colombo perderam os seus respectivos editores-chefes. Ainda de acordo com a reportagem, as mudanças foram vistas como uma proteção para determinadas pessoas.

A decisão veio à tona depois que a CNN Brasil descartou qualquer tipo de advertência ou ação mais drástica após um suposto caso de racismo em sua sede.

O canal de notícias não apontou nenhum responsável pelos episódios vividos por Basilia Rodrigues, comentarista de política e descartou qualquer tipo de advertência entre os funcionários.

Na época da denúncia, Basilia agradeceu as inúmeras mensagens de carinho do público. “Agradeço às mensagens de solidariedade e apoio que recebi aqui de tantos amigos pessoais, colegas de trabalho e também de pessoas que não me conhecem. Agradeço também pela posição adotada pela CNN Brasil”, aprovou.

“O relato é grave e está sendo apurado”, informou a profissional, que completou: “Deixa reflexões para todos sobre o que não queremos ser, parecer, nem deixar dúvidas, sobre o que não queremos para nós, nem para os outros”.

“A CNN me escolheu e eu escolhi estar nela. Nos tempos de hoje, poder escolher mudar é um luxo, já que temos sido afogados pelos acontecimentos. Porém, não é fácil mudar. Decidi pegar uma via diferente que me pareceu (e é) mais desafiadora e evolutiva, como pessoa e jornalista”, visualizou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›