Casagrande desabafa após ataques por críticas a Maurício Souza

Casagrande
Casagrande desabafou sobre onda de ataques (Imagem: Reprodução / GloboNews)

Walter Casagrande decidiu rebater as críticas que vem recebendo por causa do seu comentário sobre Maurício Souza. Nesta semana, em seu blog no GE e também no Seleção SporTV, o comentarista reagiu contra as declarações homofóbicas do jogador de vôlei.

Nas redes sociais, então, Casão tem sido chamado de “viciado” e “cheirador”. Em desabafo em seu blog, o famoso afirmou que estes comentários reforçam o preconceito da sociedade.

“Depois do caso Mauricio Souza, os preconceituosos começaram a me atacar do jeito de sempre, usando minha doença como agressão. Eu fiquei um ano internado, de setembro de 2007 a outubro de 2008. Saí de alta e continuei meu tratamento até chegar ao ponto em que estou hoje. Não bebo, não fumo, obviamente não uso drogas e não costumo estar na rua de madrugada“, explicou.

O comentarista da Globo ainda disparou: “Tudo que o gado e os robôs estão falando é por puro ódio e ignorância. Essas pessoas ficam loucas de raiva quando são expostas pelos crimes que cometem. E aí demonstram todo seu ódio atacando quem eles consideram a pessoa que mais expôs a verdade naquele momento”.

No SporTV, Casagrande chamou o atleta de mau-caráter e recordou um episódio entre ele e o jogador de vôlei.

“É crime. É covardia. E é mau-caratismo. Principalmente e especificamente o Maurício Souza. E eu estou falando com propriedade, porque ele foi mau-caráter comigo. Então, para mim, ele é mau-caráter”, iniciou Casagrande, fazendo referência ao comentário de Maurício.

Ele ainda seguiu: “Em 2018, antes das eleições, eu comecei a criticar (o presidente Jair Bolsonaro), a me posicionar sobre isso, e em determinado momento, eu fui dar uma entrevista longa numa rádio, onde eu contei minha história a todos, e o senhor presidente Jair Bolsonaro, que também é covarde e mentiroso, fez um recorte da minha entrevista, que poderia mostrar para as pessoas que eu era um satanista. Beleza. Passou”.

“Dei uma entrevista para a revista Playboy, falei que ele era mentiroso. Obviamente que ele nem falou nada, porque é mentiroso mesmo. O Mauricio Souza, há uns três meses, recuperou esse vídeo e postou nas redes sociais dele. Ele colocou esse vídeo editado, mentiroso, falso, que o Jair Bolsonaro editou, nas redes sociais dele. Então, eu não me surpreendo, porque esse cara é homofóbico, é um cara que foi mau-caráter comigo. Parabéns a todos os atletas que se posicionaram. Esse cara, Mauricio Souza, é um homofóbico, preconceituoso, possivelmente racista, covarde e mau-caráter”, completou o ex-jogador.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›