Cauã Reymond diz viver a melhor fase da carreira e desabafa sobre a paternidade

Cauã Reymond
Cauã Reymond faz reflexão sobre momento em carreira (Imagem: Divulgação / Fábio Audi)

Na reta final de Um Lugar ao Sol, Cauã Reymond não esconde que está no seu melhor momento profissional. Feliz da vida com o trabalho realizado na trama de Lícia Manzo, na dupla jornada dando vida a Renata e Christian – até certo momento trama –, o ator afirma que os melhores papéis da carreira começaram a surgir após os 35 anos.

“Estou em uma fase de ouro. Os personagens mais difíceis começaram a chegar a partir dos 35 anos”, garante o artista em entrevista exclusiva ao RD1.

Se a trama do folhetim do horário nobre traz à tona o drama dos irmãos gêmeos em que envolve expectativas, frustrações, dramas, adoção e outros, fora da TV o ator deixa claro que não vê semelhanças entre a história dos personagens e a da sua vida.

Veja Também

“Eu e meu irmão (Pavél Reymond) sempre soubemos que a nossa mãe era adotada. E isso nunca foi um tabu em casa. Meu irmão morava com a minha mãe – que tinha sido entregue de mão em mão, até chegar a nossa avó – quando ela reencontrou a sua família biológica. O drama da minha mãe foi uma coincidência com a história da novela. Mas claro que isso me ajudou na construção do personagem”, conta.

Gente boa e falante, Cauã Reymond destaca que a terapia lhe ajudou a encontrar as ferramentas para lidar com os seus problemas. “É um lugar de conversa neutra e importantíssimo para mim”, dispara.

Nada de crise

Hoje, aos 41 anos, o galã destaca que chegar à casa dos 40 trouxe reflexões. Aliás, todos os anos ele tenta fazer uma avaliação em diversas áreas da vida. “Seja no lado pessoal, no trabalho, na relação com o próximo e com o planeta, estou sempre me perguntando como posso melhorar essas relações”, ressalta.

Cauã Reymond
Cauã detalha sua relação com filha e esposa (Imagem: Divulgação / Fábio Audi)

Bem casado com Mariana Goldfarb desde 2019, ele afirma que o segredo da união entre eles está no respeito e na admiração, e enfatiza que no relacionamento do casal não faltam companheirismo, cumplicidade e diálogo:

“A nossa relação é de muito respeito e admiração que nós temos um pelo outro. O fundamental é ter companheirismo, cumplicidade e diálogo. Isso não pode faltar”.

Pai de Sofia, fruto do seu relacionamento com Grazi Massafera, o ator conta que a paternidade mudou a sua vida de forma positiva. Tanto que pretende aumentar a família ao lado de Mariana.

“Passei a entender melhor os pais depois que me tornei pai. E ser o melhor pai possível virou o meu objetivo de vida. E eu e a Mariana pretendemos aumentar a família. Nós conversamos muito sobre isso e está nos nossos planos”, garante.

Quando está em casa, por exemplo, na hora de preparar algo na cozinha, Cauã Reymond conta que, às vezes, até se arrisca em preparar alguns pratos. Porém, entrega que não tem muita habilidade na cozinha. “Sou bom mesmo é de garfo (risos)”, brinca.

Apesar de não comandar o fogão com maestria, ele diz que uma das suas especialidades são as saladas. “E sou bom também no churrasco”, fala.

Um dos grandes nomes da sua geração e com vários personagens de sucesso na carreira, o famoso se diz orgulhoso da caminhada trilhada até aqui, afirmando sentir-se um vencedor. “Dificuldades todos nós temos, mas me sinto um vencedor. Tenho muitas oportunidades e me sinto grato por isso”, finaliza.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Márcio Gomes
O carioca Márcio Gomes é apaixonado pelo jornalismo, tanto que o escolheu como profissão. Passou por diversas redações, já foi correspondente estrangeiro dos títulos da Editora Impala de Portugal como Nova Gente, Focus, Boa Forma, e editor na revista de BORDO. Escreveu para várias publicações como Elle, Capricho, Manchete, Desfile, Todateen, Shape, Seleções, Agência Estado/Estadão, O Fuxico, UOL, entre outros.
Veja mais ›