Cauã Reymond relembra momento chocante em sua vida

Cauã Reymond
Cauã Reymond desabafou sobre momento mais delicado que viveu (Imagem: Reprodução / Instagram)

Cauã Reymond abriu o coração e desabafou ao relembrar um momento mais delicado de sua vida. Em entrevista ao jornal Extra, o ator falou da morte de sua mãe, Denise Reymond, que faleceu em 2019 por conta de um câncer de ovário.

Segundo o galã, que interpreta os gêmeos Renato e Christian em Um Lugar ao Sol, a matriarca não teve tempo de saber que ele protagonizaria o folhetim das 21h:

“Ela faleceu logo depois de eu ter conversado com o Silvio, não soube desse trabalho. Mas tenho certeza de que em algum lugar minha mãe está vendo, feliz por eu e meu irmão estarmos tão próximos, trabalhando juntos. Gosto de acreditar nisso”.

Aliás, o folhetim traz uma coincidência na história de Cauã. Isso porque a mãe do ator também foi adotada, como seu personagem. “Eu e meu irmão (Pável Reymond, de 33 anos) sempre soubemos que nossa mãe era adotada, isso nunca foi um tabu pra gente em casa. Meu irmão morava com ela quando ela reencontrou a família biológica, e me contou que nossa mãe tinha sido entregue de mão em mão, até chegar à minha avó, que quis ficar com ela quando bebê”, explicou.

“Aí descobri que a irmã da minha mãe tinha morrido de desnutrição. E tem a história de o meu pai também ser gêmeo, o irmão dele morreu no parto. O drama da minha mãe foi uma coincidência que ajudou na construção do personagem, mas não foi um sentimento que eu vivenciei“, completou.

Cauã Reymond abre o jogo sobre relação com irmão

Por falar em Pável, o global fez questão de enaltecer o irmão, que chegou a fazer seu dublê durante as gravações do folhetim:

“Afinidade é uma coisa que não se escolhe, existe ou não. Eu e meu irmão sempre fomos muito conectados, independentemente de estarmos distantes fisicamente. Vivi com meu pai dos 14 aos 17 anos, em Santa Catarina, enquanto ele ficou com minha mãe. Mas moramos juntos, só nós dois, dos 17 aos 19 anos dele. Eu tinha uns 25”.

“Foi quando ele terminou o segundo grau (ensino médio, atualmente), fez vestibular e partiu pra faculdade de Veterinária. As dificuldades também costumam unir muito a família, né? Nos cinco anos da doença da nossa mãe, nós encontramos força juntos, fomos ombro amigo um pro outro. Falamos palavras carinhosas, resolvemos situações dificílimas, como todo mundo que tem uma pessoa amada doente“, contou.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›