Chay Suede
Chay Suede, do elenco de Amor de Mãe, está à espera da primeira filha, Maria (Imagem: Estevam Avellar / Globo)

por Nucia Ferreira, do Rio de Janeiro

Prestes a ser pai pela primeira vez, Chay Suede vem contando os dias para a chegada de Maria, do relacionamento com Laura Neiva. “É muito louco, passa rápido e esse mês final parece que passa bem mais devagar. Mas a gente tá curtindo cada fase, a gente não tá tão ansioso como eu pensei que iria estar. Achei que fosse ficar uma pilha”, confessou o ator durante o lançamento de Amor de Mãe com exclusividade para o RD1.

Na novela de Manuela Dias, Chay viverá Danilo, filho único de Thelma, interpretada por Adriana Esteves, com quem fez par romântico em Segundo Sol (2018). O ator ressalta que o trabalho atual é bem diferente do anterior, mas que a parceria dos dois acabou facilitando o andamento das gravações.

Está sendo muito confortável trabalhar com ela, eu me sinto em boas mãos. Acho a Adriana uma das maiores atrizes do Brasil. Eu sou noveleiro e sou fã dela, eu acompanho a Adriana desde sempre. Está sendo um prazer estar com ela. Eu sinto que quando estou com ela em cena tudo acontece, as emoções que tem que vir vem, as emoções superficiais vão embora. Só a presença dela já é suficiente pra uma cena boa acontecer”, disse.

O tema da novela, naturalmente, fez Chay refletir sobre a relação com a mãe, Hérica. “Me fez valorizar coisas na minha mãe que eu nem tinha parado pra pensar, como por exemplo o fato de ela ter me criado com muita liberdade. Nunca tinha me dado conta de que ela tinha me criado como tanta liberdade, com tanta confiança como eu me dei conta agora interpretando o Danilo”, ressaltou.

Chay, que foi morar no Rio de Janeiro sozinho aos 18 anos, afirma que sua relação com a mãe é muito diferente de Danilo e Thelma.

A minha mãe me apoiou muito desde o início. A gente sentia muita saudade, claro, mas ela sempre me apoiou. Ela nunca fez questão de me manter debaixo da asa dela. Ela queria me ver feliz e sempre fez de tudo pra que isso acontecesse. A Thelma também quer ver o Danilo feliz, mas ela tem uma maneira diferente de administrar esse cuidado”, analisou.

Na hora de falar da relação dos personagens, Chay ressaltou que a superproteção virá dos dois lados na novela. “A grosso modo é uma superproteção, mas é muito além disso. Eu acho que tem mais cores que superproteção na relação dos dois. Também não acho que seja uma via de mão única. Eu acho que os dois se protegem muito, os dois são invasivos na vida um do outro”, adiantou.

Na vida real, Chay garante que não gosta de ficar pensando muito em que tipo de pai será para Maria. “Eu não projeto esse tipo de coisa porque eu acho que uma vida em família, uma relação de pai e filha, que vai ser o meu caso, eu acho que se constrói muito dia após dia. Muitas vezes a gente projeta coisas, diz que nunca vai fazer certas coisas, diz que vai fazer outras coisas, e na prática tudo é muito diferente”, acredita.

Mas o coração está a mil na espera por Maria, que pode nascer a qualquer momento a partir de 15 de dezembro.

E é claro que o papai coruja está reservando um tempinho para curtir a chegada da primogênita. “Eu trabalho de carteira assinada, como todo trabalhador eu vou ter a licença paternidade”, garantiu. Aliás, Maria já ganhou até uma música especialmente pra ela. “Eu compus ‘Verdadeira onda’. Eu estou fazendo uma playlist pra ela (pra tocar no parto)”, adiantou.

🔵BOLETIM RD1 🔥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

EU QUERO