Cidade Alerta volta a apanhar da Band e do SBT

Cidade Alerta
Luiz Bacci à frente do Cidade Alerta desta quinta-feira (11); noticiário padece na audiência em confronto com Globo, Band e SBT (Imagem: Reprodução / Record)

A Record tem apostado em três edições do Cidade Alerta: uma nacional, dividida em dois blocos por conta do JR – 24h, e outra local. Enquanto esta última conquista a vice-liderança de audiência com folga, a exibida para todo o Brasil padece com a concorrência da Band e do SBT. Dados obtidos na Grande São Paulo mostram que, nesta quinta-feira (11), o jornalístico de Luiz Bacci ficou atrás das principais concorrentes.

No ar das 16h51 às 17h43, o Cidade Alerta acumulou 4,5 pontos, 5,9 de pico e 7,5% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 21,5 da Globo, 6,9 para a Band e 5,7 do SBT – com Laços de Família (2000) em Vale a Pena Ver de Novo, Casos de Família, Triunfo do Amor e Brasil Urgente.

Logo depois, entre 17h43 e 17h47, 6 pontos, 6,1 de pico e 9,7% de share para o JR – 24h com Leandro Stoliar. Neste período, 22,8 da Globo e 7,2 da Band; o SBT caiu para o quarto lugar, alcançando 5,8.

Tais posições foram mantidas com os últimos minutos do Cidade Alerta nacional. O noticiário amealhou 6,5 pontos, 7,4 de pico e 10,5% de share, das 17h47 às 18h, contra 21,8 da Globo e 7,2 da Band; aqui, 6,4 do SBT.

A vice-liderança veio com a versão exibida apenas para São Paulo: 8,1 pontos, 9 de pico e 12,1% de share, entre 18h e 19h55, frente 22,5 da Globo, 7,5 para o SBT e 5,4 da Band.

O segundo lugar foi mantido com os 8,8 pontos do Jornal da Record. Christina Lemos e Luiz Fara Monteiro responderam pelo informativo. Gênesis, por sua vez, angariou 11,8 de média – recorde negativo da novela. A reprise de Topíssima (2019) perdeu a vice, anotando 5,9 ante 6,6 do canal de Silvio Santos.

O fim de noite e o início da madrugada de sexta-feira (12) contou ainda com os 4,2 pontos do Repórter Record Investigação, a cargo de Adriana Araújo, e os 3,5 de Chicago Med – Atendimento de Emergência. Também os 2,4 da última edição do JR – 24h, capitaneado por Patrícia Costa.

Ao longo da manhã, 2,4 para a edição nacional e 3,4 da versão local do Balanço Geral Manhã, 3,6 para o Fala Brasil, 3,5 do Hoje em Dia e 3,6 do primeiro boletim JR – 24h. Todos superados por Globo e SBT. À tarde, 7 do Balanço Geral SP – 9 durante o quadro A Hora da Venenosa – e 5,5 de Escrava Mãe (2016), vice-líderes.

O JR – 24h, que Janine Borba apresentou entre a reapresentação do folhetim de Gustavo Reiz e o primeiro bloco do Cidade Alerta, ficou na quarta colocação, com 4 de média versus 19,1 da Globo, 5 da Band e 4,4 do SBT.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›