CNN Brasil promove onda de demissões para reduzir custos

CNN Brasil
CNN Brasil desligou alguns colaboradores (Imagem: Divulgação)

Engana-se quem pensa que as demissões na CNN Brasil se resumiram aos conhecidos do público. Segundo informações do site TV Pop, a emissora desligou também colaboradores da área digital, responsáveis pela administração do portal de notícias da empresa e pela edição de conteúdos para as redes sociais.

De acordo com a publicação, com a reformulação no quadro de funcionários, que resultou na demissão de 22 profissionais só nas últimas quinta (28) e sexta-feira (29), a emissora deve poupar cerca de R$ 150 mil mensais.

O início dos desligamentos aconteceu no setor operacional, que já tinha um número reduzido de profissionais contratados. Além disso, os cargos de chefia também têm sido extintos na CNN Brasil. Em média, segundo o TV Pop, há cinco cortes por semana na empresa.

A justificativa seria por conta da folha salarial inflada, uma vez que os colaboradores demitidos tinham vencimentos acima da média praticada pelo mercado. Nova presidente da casa, Renata Afonso busca justamente implantar uma folha de pagamentos mais próxima da realidade econômica do mercado audiovisual.

Após todas as mudanças, a CNN Brasil deve poupar algo em torno de R$ 24 milhões anuais. Demissões ainda devem acontecer entre apresentadores, repórteres e até mesmo no Departamento Comercial. Procurada pela publicação, a emissora confirmou a demissão em massa em seu departamento online.

A empresa, no entanto, alegou que as mudanças fazem parte de um “projeto de reestruturação” feito para oferecer o “melhor conteúdo e a melhor experiência” para o público:

“A CNN Brasil esclarece que está reestruturando sua área digital e investindo em colaboradores, recursos, tecnologia e fornecedores, sempre buscando oferecer o melhor conteúdo e a melhor experiência para a nossa audiência”.

Vale reforçar que a CNN Brasil tem planos de dar mais uma chance para os programas de entretenimento com pegada jornalística. Prova disso é que a emissora lançou recentemente a CNN Soft, dedicada exclusivamente para os programas do gênero.

A ideia da alta cúpula da CNN Brasil é expandir o seu campo de atuação no mercado de mídia e ampliar o espaço para os anunciantes interessados.

A CNN Soft é a primeira grande ideia de Renata Afonso. “A CNN Brasil mantém seu pilar central na produção de notícias hard news, mas agora apresenta variedade para o nosso público. Aos finais de semana, vamos abordar temas mais leves, mas sempre com o DNA do canal, que é a informação. E, além de oferecermos mais conteúdo de qualidade aos nossos espectadores, também traremos mais oportunidades de negócios para nossos parceiros comerciais”, afirmou a jornalista.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›