Com Ivete Sangalo, The Masked Singer terá plateia vacinada contra a Covid-19

Ivete Sangalo
The Masked Singer Brasil estreia nesta terça-feira (10) com Ivete Sangalo (Imagem: Fernanda Tiné / Globo)

A Globo vai dar início à versão brasileira do The Masked Singer. A atração, que tem sido popular ao redor do mundo, chega ao Brasil sob o comando de Ivete Sangalo nesta terça-feira (10).

Parar estrear o programa em meio à pandemia de Covid-19, o canal tomou todas as precauções necessárias e seguiu os protocolos de segurança para que nada saísse do controle.

“Pra esse evento acontecer dessa maneira com essa esse profissionalismo e tecnicamente viável. A gente também tá seguindo todo o protocolo de segurança que a gente quer levar a alegria com toda a tranquilidade, mas acima de tudo fazer isso com segurança nesse momento tão difícil teremos plateia, nós teremos plateia também eh núcleos, pessoas passes. Obedecendo distanciamento e de máscara também a gente tem feito isso com com uma algo muito eh necessário o importante só vai acontecer de uma dessa forma né?“, explicou Ivete.

A atração contará ainda com a ex-BBB Camilla de Lucas, que comandará os bastidores. Os jurados Rodrigo Lombardi, Taís Araújo, Simone e Eduardo Sterblitch avaliarão as performances musicais dos candidatos e tentarão adivinhar quem é o famoso por trás da fantasia. A cada episódio, um participante deixa a competição e tem sua identidade revelada.

Para Sterblitch, a plateia é fundamental para a atração. “Conseguimos perceber toda a vontade que a plateia tinha em estar aqui. Depois de todo esse tempo sem poderem participar de programas, eles estão com dez vezes mais energia, colaborando muito com tudo!”, destacou o ator.

“Não saio de casa há dois anos. Aqui está sendo minha balada. Tipo Ibiza, que tem vários bichos, monstros”, brincou Edu sobre o alívio de poder ser jurado da atração após o período de isolamento social.

Segredo guardado a sete chaves

Nem a plateia saberá o segredo dos mascarados. O mistério foi mantido para que as pessoas acompanhem tudo de casa. Durante as gravações, os espectadores são convidados a se retirarem do estúdio para que o famoso mascarado seja revelado aos jurados.

“Poucas pessoas da equipe do programa sabem quem são os reais participantes. Quando eles têm aulas remotas de música, por exemplo, os professores só escutam a voz de quem está do outro lado. Quando vão aos estúdios usam um agasalho escrito “Não fale comigo”. Os famosos também não têm contato entre eles, não podem se falar. Existe mesmo todo um esquema para nada ser revelado”, disse Adriano Ricco, supervisor artístico da atração.

Marcelo Amiky, que é diretor artístico da atração, também explica: “A gente conduz a plateia o programa inteiro. No momento que a gente vai desmascarar, eles saem do estúdio”.

Globo exige vacina

Diante da pandemia, a Globo exigiu a vacinação de toda a plateia do The Masked Singer Brasil. Todos estarão testados no dia e permanecerão de máscara durante a gravação.

A ideia é ter vários grupos familiares que ficarão separados por uma divisória de acrílico. Todos, além disso, devem morar em São Paulo e comprovar que tomaram ao menos a primeira dose da vacina há mais de 30 dias.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Reuber Diirr
Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas. Além disso, produz conteúdo multimídia para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!
Veja mais ›