Com lucro em 2021, Globo promete mais investimentos no ano que vem

Globo
Globo garante receita e planeja investimentos em 2022 (Imagem: Reprodução / Globo)

O Grupo Globo vai terminar o ano com receita em alta, dinheiro em caixa e com planos de investimentos dos mais interessantes em 2022. Com um faturamento entre 17% e 19% maior que em 2020, o conglomerado de mídia vê o resultado como algo maiúsculo.

Na publicidade, que representa 60% dos negócios da empresa, o aumento será entre 22% e 24%. A receita de conteúdo, responsável por 40% do bolo, subirá algo em torno de 8%, segundo o Valor Econômico.

As previsões estão de acordo com os resultados da líder. No terceiro trimestre (R$ 3,7 bilhões, um aumento de 19%) e nos nove primeiros meses do ano (R$ 10,1 bilhões, um crescumento de 18%).

Para Manuel Belmar, diretor-geral de finanças da empresa, os números são maiúsculos e “denotam a confiança” no conteúdo produzido pela empresa de comunicação.

“Trata-se de um conjunto de facilidades. Estamos buscando um relacionamento cada vez mais próximo com o cliente para entender suas necessidades e transformá-las em soluções de negócio”, afirma.

O Globo Ads, ferramenta de compra de espaço publicitário por agências e marcas, Globo Sim, para pequenas e médias empresas para espaços em emissoras regionais e afiliadas, e Globo Impacto, que trabalha com os dados da internet para campanhas na TV aberta, estão entre os formatos responsáveis pelo sucesso do Plim Plim.

O destaque é o Globoplay. “Vamos trazer novas histórias que os brasileiros gostam de ver e que a Globo sabe contar”, adianta.

“Estamos em fase de planejamento, mas já dá para adiantar que vamos investir mais em conteúdo”, entrega.

Globo com dinheiro de sobra

A emissora da família Marinho encerra 2021 com caixa equivalente a duas vezes e meia seu endividamento. É de longo prazo, segundo o executivo. Metade da dívida é protegida por contratos de troca de moeda ou “swap”.

As obrigações financeiras da casa têm vencimento para até 2 anos. Seja operacional ou financeiro, elas são protegidas por operações de hedge.

“Queremos continuar sustentando nosso crescimento com recursos gerados internamente”, explana. “A Globo é uma empresa que aposta no Brasil. Estamos muito otimistas”, assume o diretor.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›