Com sábado difícil, só Marcos Mion garante boa audiência à Globo

Caldeirão
Marcos Mion à frente do Caldeirão; atração impulsiona audiência da Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo teve um sábado (20) difícil. Para se ter uma ideia, a emissora líder de audiência consolidou apenas 9,8 pontos na média 24h. A tragédia, porém, não foi solitária. Record (4,1), SBT (3,5), Band (1,5) e RedeTV! (0,4) foram igualmente afetadas pelo baixo número de televisores ligados.

Na contramão do dia tenebroso, o Caldeirão, com Marcos Mion, foi um dos poucos, senão o único, programa que manteve os índices em relação às edições anteriores.

No ar das 16h31 às 18h24, a atração registrou 13,3 pontos de média com pico de 16,2 e share (número de televisores ligados) de 26,8%, contra 4,6 da Record, 3,5 da Band, 3,3 do SBT, 0,2 da TV Cultura e da TV Gazeta e 0,1 da RedeTV!. No programa, Mion recebeu Érico Brás e Maria Clara Gueiros no Tem ou Não Tem e Alexandre Nero e João Baldasserini no Sobe o Som.

Outros destaques do dia foram o SP1 (11,4), o Globo Esporte (11,5) e a Sessão de Sábado, que exibiu o clássico Mudança de Hábito 2 – De Volta ao Convento. O longa estrelado por Whoopi Goldberg anotou 11,5 pontos de média, com pico de 13,5 e share de 25,4%, ante 4,2 da Record, 3,3 do SBT, 1,2 da Band, 0,9 da TV Cultura e traço (0,0) da RedeTV! e da TV Gazeta.

Fora isso, tudo deixou a desejar, principalmente as novelas. Nos Tempos do Imperador (15,6), a reapresentação do último capítulo de Pega Pega (17,6) e a inédita Um Lugar ao Sol (20,9) renderem à Globo números dignos da semana de Natal ou Carnaval.

Até mesmo o especial Falas Negras não performou bem à noite, ao cravar apenas 12,9 pontos de média com pico de 21,9 e participação de 22,7%. Cada ponto equivale a 76,5 mil domicílios na Grande São Paulo.

Ao longo de todo o sábado, a Globo ainda exibiu o Como Será? (4,0), É De Casa (6,3), Jornal Hoje (10,7), Sessão Comédia com O Melhor da Escolinha do Professor Raimundo (10,0), SP2 (16,4), Boletim Criança Esperança (18,3), Jornal Nacional (19,4), Altas Horas (8,8), Seleção do Samba (5,4), Supercine com Doutor Gama (3,7) e Corujão com 2012 (3,7).

MAIS LIDAS

João Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email [email protected].
Veja mais ›