Comentarista do SBT cutuca Fluminense e promete andar sem roupa na Av. Paulista

SBT
Emerson Sheik faz promessa inusitada durante o Arena SBT (Imagem: Reprodução / SBT)

Emerson Sheik causou polêmica com uma declaração sobre a sua expectativa com relação ao Fluminense na Copa Libertadores da América. No Arena SBT, de segunda-feira (17), ele surpreendeu e prometeu correr nu na Avenida Paulista, em São Paulo, caso o time garanta vaga na semifinal da competição.

O ex-jogador do Corinthians avaliou que o tricolor carioca não avançará até a penúltima fase do campeonato, transmitido na TV aberta com exclusividade pelo SBT.

Não, sem chances. O Fluminense não vai ser surpresa (na Libertadores). Está jogando um futebol alegre… Estou sendo sincero e verdadeiro. Tem um equilíbrio entre jovens e veteranos, mas vão até a esquina e não passam mais“, cravou.

E todo mundo sabe disso. Não tem como o Fluminense ser campeão“, apontou. Emerson Sheik foi cutucado por Cicinho, ex-São Paulo, e Benjamin Back, apresentador do programa, e ele garantiu sua ida sem roupa até à Av. Paulista caso o Fluminense surpreenda no torneio.

Convidado especial da atração, Ratinho concordou com a opinião do colega de emissora sobre o palpite. Sheik foi campeão do Campeonato Brasileiro com Flamengo, Fluminense e Corinthians.

O ex-atleta falou sobre o Corinthians e defendeu a decisão do presidente do clube, Duílio Monteiro, na demissão do técnico Vagner Mancini.

Vou sair em defesa do Duílio. Não tem como, é impossível a manutenção do treinador numa situação dessa. O torcedor corintiano não aguenta mais, os próprios jogadores tinham dúvida do trabalho do Mancini. Isso é verdade e todo mundo sabe disso“, especulou.

A saída rendeu até comentários de um colega de profissão dos comentaristas do SBT: Neto, da Band. Ele rasgou o verbo em seu programa, o Os Donos da Bola, sobre o time paulista.

Vocês, administradores do Corinthians, conselheiros? É uma vergonha. Entregasse o jogo para o Novorizontino. Era para ser seis! Aí, sabe quem toma ‘cacete’? Eu, o Biro-Biro, os ídolos do Corinthians. Tem muita gente que acha que é palmeirense e que quer dar ‘uma de gostoso’. E nem ídolo é“, alfinetou.

Vai para a casa do cacete todo mundo do Corinthians“, atacou. “Antecessor, diretor, os conselheiros. Porque não posso falar palavrão na televisão. Minha vontade era estar com um revólver aqui. Vocês aprovaram conta, contrataram Jonathan Cafu“, detonou.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›