Compositor processa Pabllo Vittar e pede valor surreal; saiba quanto

Pabllo Vittar
Compositor processa Pabllo Vittar e pede valor surreal; saiba quanto (Imagem: Reprodução / Instagram)

Grande hit do álbum Batidão Tropical (2021), de Pabllo Vittar, a música Ama, Sofre, Chora está sendo vítima de um grande processo na Justiça. O compositor Herlomm Diosly dos Reis Silva está acusando a famosa de plágio.

publicidade

De acordo com informações do colunista Lucas Pasin, do Splash, o músico entrou com uma ação por indenização de danos morais e materiais. O artista alega que a cantora plagiou sua música “Amar, Sofrer, Chorar”.

A notícia publicada por Fábia Oliveira ressalta que a Sony Music e os compositores Arthur Pampolin Gomes, Arthur Simões Magno Marques, Guilherme Santos Pereira, Pablo Luiz Bispo e Rodrigo Pereira Vilela dos Santos também são citados na petição.

publicidade

Veja Também

O colunista teve acesso ao documento na Justiça e entrou em contato com Pabllo Vittar. Através de uma nota, a assessoria de imprensa declara que se trata de uma acusação sem qualquer fundamento. A gravadora também se pronunciou e disse que não há nada a declarar no momento.

Valor da ação contra Pabllo Vittar pode chegar em R$ 1 milhão

A princípio, o autor da música Amar, Sofrer, Chorar afirma que registrou a melodia no dia 13 de junho de 2019. Um vídeo clipe foi publicado no YouTube no final de 2020, mas Herlomm também não se pronunciou sobre o assunto. Ele declara que ouviu a música da cantora e que identificou trechos com o mesmo sentido da composição original.

O músico solicita um ofício com o relatório dos ganhos sobre a música e exige receber os royalties, além de parte sobre os shows e reproduções em outras mídias. A ação pode chegar ao valor de R$ 1 milhão.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Veja as duas músicas:

publicidade

Confira a nota completa da equipe de Pabllo Vittar:

“A equipe da artista Pabllo Vittar vem, através deste comunicado, informar que tomou conhecimento pela mídia digital, que existe uma acusação de plágio referente à obra “Ama Sofre Chora”, de Autoria de Rodrigo Gorky, Pablo Bispo, Arthur Marques, Arthur Pampolin Gomes e Guilherme dos Santos Pereira.

Em que pese não tenha recebido nenhuma notificação ou citação até o presente momento, a Artista, através de sua equipe, examinou a gravação da obra alegadamente plagiada e verificou que não existe nenhuma hipótese de ocorrência de plágio, visto que as obras musicais são totalmente distintas, nada existindo que possa, minimamente, levar a essa conclusão.

Neste sentido, este comunicado serve para esclarecer que a artista Pabllo Vittar não cometeu nenhum tipo de violação a direito autoral e não compactua com a apropriação indevida de qualquer espécie de propriedade intelectual.

Trata-se de evidente acusação leviana, sem qualquer fundamento, a qual será devidamente contestada no momento oportuno.
Atenciosamente, Depto. Jurídico Pabllo Vittar Entretenimento Eireli.”

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.