Conmebol vai cobrar indenização da Globo após rescisão da Libertadores

Globo
Globo é alvo de nova ação da Conmebol (Imagem: Divulgação / Globo)

A Conmebol, após ter perdido o acordo milionário com a Globo pela Libertadores e fechado com o SBT para a TV aberta, não ficou satisfeita com o fim do casamento com a emissora carioca e decidiu processá-la. A confederação sul-americana quer ser indenizada por causa do rompimento do contrato.

De acordo com as informações do jornalista Rodrigo Mattos, do UOL Esporte, a disputa judicial deve acontecer em um tribunal de arbitragem da Suíça. O grupo de comunicação e a Conmebol tinham um acordo de R$ 60 milhões por ano, válido até 2022, envolvendo a TV aberta e TV paga.

Com a pandemia, o principal campeonato entre clubes das Américas ficou paralisado entre março e setembro. Próximo do retorno, o canal da família Marinho buscou um novo acordo, mais barato, mas após ter recebido a negativa da confederação decidiu por carta o rompimento do acordo.

Ao jornalista, a emissora afirmou que “havia no contrato uma cláusula específica de rescisão em caso de suspensão da competição por períodos prolongados, por motivo de força maior”. A Conmebol não entende da mesma forma e por isso decidiu pela ação contra a ex-parceira.

A comunicação da Globo se manifestou sobre o caso e disse que não teve conhecimento da medida legal referente ao antigo contrato e reiterou que a rescisão ocorreu com base na cláusula específica exposta.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.