Conselho de Enfermagem divulga manifesto contra a Globo por causa de Sob Pressão

Globo
Globo exibe edição especial de Sob Pressão sobre a covid-19 (Imagem: Reprodução / Globo)

O Coren-SP (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo) protestou contra uma matéria do G1 e a série Sob Pressão – Plantão Covid, da Globo. Segundo os representantes dos profissionais de saúde, a categoria “acabou sendo menosprezada e preterida” pelo grupo de comunicação da família Marinho.

Em nota, o conselho afirmou que a atuação da enfermagem ganhou destaque ainda maior nos últimos meses por conta da pandemia dentro de emissoras de TV e em obras de ficção, lembrou da chegada das eleições municipais e da exposição da mídia sobre os profissionais da área.

Na reportagem “Número de candidatos da área da saúde cresce nas eleições de 2020”, de 6 de outubro, o portal de notícias ouviu o professor Eduardo Grin, do Departamento de Gestão Pública da FGV-SP, que afirmou: “Há uma hierarquia na área da saúde, em que o médico está no topo e o enfermeiro está abaixo”. O Coren rebateu e acusou o professor de “ter desconsiderado a autonomia e a independência da profissão”.

Sobre a série Sob Pressão, o conselho de enfermagem acusou a TV de ter realizado a série “com uma visão medicalocêntrica, centrando toda a atuação da equipe – que na vida real é multidisciplinar – nos personagens médicos”.

“Como se sabe, é a equipe de enfermagem que passa 24 horas por dia ao lado dos pacientes, sujeita a uma alta carga viral que infelizmente tem milhares de contaminados como consequência, e que representa a maior força de trabalho da saúde brasileira – mas não é essa a perspectiva ilustrada pela série, desde sua primeira temporada”, afirmou.

Em 2017, o Coren-SP escreveu uma carta aberta ao canal reclamando de como os enfermeiros foram abordados na trama. “Ao centralizar todo o protagonismo da assistência na figura dos médicos, a emissora transmite uma imagem equivocada sobre a dinâmica das equipes de atendimento, menosprezando profissionais elementares no cuidado prestado à população”, declarou.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.