Contra Bolsonaro, diretor da Band toma atitude com reprises de Lacombe

Band
Luís Ernesto Lacombe no comando do Aqui na Band; programa está sendo reprisado sob análise da direção (Imagem: Divulgação / Band)

A situação do Aqui na Band, depois de uma semana conturbada, ainda rende nos bastidores da emissora. O programa deve seguir com reprises até sexta-feira (3), quando o canal anunciará novidades para a programação. Porém, as exibições seguirão sendo fiscalizadas, como vem acontecendo desde a última quinta-feira (25).

De acordo com o Notícias da TV, o diretor de programação da emissora, Antonio Zimmerle, colocou quatro profissionais de sua confiança para analisar a finalização das edições do matinal e impôs restrições.

A direção proibiu, por exemplo, menção ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), assuntos de interesse do governo federal e a presença de convidados que falem de política.

Antonio Zimmerle determinou que nenhum programa a ser reprisado nesta semana deve destoar da linha editorial defendida por Fernando Mitre, diretor nacional de Jornalismo. Por isso, os profissionais do Aqui na Band estão escolhendo edições com temáticas que fogem da política.

Para a publicação, no entanto, a Band disse que que as orientações da direção “não procedem” e que não comentaria o assunto.

Na última quinta, cabe lembrar, toda a produção da atração foi demitida, incluindo o diretor Vildomar Batista, sua esposa, Nathalia Batista, Luís Ernesto Lacombe e o chefe de cozinha Dalton Rangel.

As polêmicas em torno da política

Conforme informou o editor-chefe João Paulo Dell Santo em sua coluna, nesta semana, Vildomar e sua trupe caíram em desgraça após promoverem um debate absurdo no último dia 11 de maio. Com parlamentares, advogados e apoiadores do presidente da República no estúdio, o Aqui na Band tentou desvendar “quem mandou matar Jair Bolsonaro?”.

Tal edição causou o primeiro atrito entre Vildomar e Fernando Mitre e Rodolpho Schneider (diretor-executivo de jornalismo). Na ocasião, Luís Ernesto Lacombe fez uma publicação repleta de indiretas em seu Instagram, cobrando mais companheirismo de quem faz a Band.

Em seguida, na última terça-feira (23), o matinal voltou a causar ao receber o blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre, alvo do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal, e outras figuras alinhadas ao discurso bolsonarista para debater o conservadorismo. A atitude foi vista como uma provocação a Mitre e Schneider, e desencadeou uma nova crise interna.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS