Craque Neto detona Neymar por curtir festa e desfalcar a seleção

Craque Neto
Craque Neto falou sobre situação de Neymar (Imagem: Reprodução / Band)

O Craque Neto voltou a disparar contra Neymar. Nesta terça-feira (16), o apresentador criticou o jogador pela ausência na partida contra a Argentina, pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa de 2022, que aconteceu na noite de ontem.

Para o ex-jogador faltou cuidado ao atacante, que foi visto em uma festa em São Paulo no fim de semana e se reapresentou para os treinos na segunda-feira com dores musculares.

“O Neymar está com dor no adutor. Dor no adutor, dá pra jogar. Dor muscular, dá pra jogar. [Problema] no metatarso, dá pra jogar. É só juntar com esparadrapo. Eu já quebrei e dá para jogar”, iniciou o titular do programa Os Donos da Bola, da Band.

O famoso seguiu: “O Neymar foi liberado depois do jogo contra a Colômbia, em que ele forçou para ser expulso. Ele xingou na cara do árbitro, brigou com o Cuadrado, brigou com todo mundo. Não foi expulso, levou amarelo. Mas ele forçou a expulsão. Dá para saber porque eu já fiz isso”.

Neto, no entanto, ressaltou que o jogador poderia fazer o que quisesse em sua folga, mas declarou não entender como ele conseguiu sair e dançar após o jogo contra a Colômbia se estava com dores.

“O Neymar está no direito dele de sair se era folga. Mas tem jogo na terça contra a Argentina. Aí tem folga no sábado e no domingo, eu me apresento na segunda, e na segunda eu estou com dor no adutor? Não está batendo para mim (…) A primeira coisa quando termina o jogo, que se faz, é sair e fazer gelo. O que o Neymar fez? Foi para a noite, que é um direito que ele tem. Foi para o bar em que vão os famosos, que falam que é excepcional”, desabafou.

O comentarista da Band completou: “Esse é o jogador que representa o Brasil? Que no jogo contra a Argentina tem uma dor no adutor? Adutor é aqui, ó [aponta e gesticula]. Não sei se a dor no adutor é por muita repetição ou se realmente machucou no jogo contra a Colômbia. (…) Aí, ele joga, ele vem de Paris, faz o pior jogo dele contra a Colômbia, no estádio do Corinthians. Aí fica de boiadeiro. Só o que ele dançou depois do jogo quando ele pega um chapéu de boiadeiro é uma coisa impressionante. Quem está com dor no adutor, dor muscular, não dança daquele jeito”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›