Cristiane chora após eliminação da Seleção Feminina nos Jogos Olímpicos

Cristiane
Cristiane chora após Brasil perder para o Canadá nos Jogos Olímpicos (Imagem: Reprodução / Globo)

Cristiane Rozeira, um dos principais nomes do futebol feminino do país, não segurou as lágrimas após a derrota da Seleção Brasileira contra o Canadá na manhã desta sexta-feira (30). Nos pênaltis, o Brasil perdeu a última vaga para as semifinais dos Jogos Olímpicos.

Logo após o apito final, Cristiane apareceu na tela da Globo e, em resposta a Galvão Bueno, chorou: “É duro, Galvão. É como se eu estivesse com as meninas. Eu não sei explicar a sensação”.

O narrador viu a situação da jogadora e chamou Ana Thaís Matos e Caio Ribeiro para o debate. Na sequência, Galvão chamou a luta de boxe com o brasileiro Abner Teixeira. Na volta, ele explicou: “Eu fiz isso para a gente respirar um pouco, principalmente a Cris”.

Mais calma, a atleta retomou o seu comentário: “Só elas para descreverem a sensação. Só elas podem falar. Eu estou sentindo muitas coisas. Eu queria falar muitas coisas, mas nem tudo eu posso, infelizmente. Nesse momento, é hora de abraçar esse time e seguir em frente. Logo menos os campeonatos nacionais estão de volta, e a seleção não é terra arrasada”.

Galvão Bueno consolou Cristiane com a lembrança de todos os gols que narrou dela em Jogos Olímpicos. “Foi muito bom ter você com a gente, Cris. Eu narrei todos os seus 14 gols olímpicos, com orgulho”, garantiu. “Eu queria ter feito mais gols para você narrar. Mas tem coisa que foge da minha alçada, não sou eu que escolho”, desabafou.

Em entrevista à Globo, Marta defendeu as meninas do Brasil e fez um pedido ao país e à imprensa: “Peço que as pessoas não apontem o dedo. Se tiver que apontar, pode apontar pra mim, que já estou acostumada. A nova geração não pode pagar por uma desclassificação. A gente precisa parar de cobrar tanto o que nunca foi investido antigamente”.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›