Dançarina expõe MC Livinho e faz grave acusação contra o cantor

Livinho
Dançarina expõe MC Livinho e faz grave acusação contra o cantor (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

MC Livinho tornou-se alvo de uma polêmica na última terça-feira (02). O músico foi acusado pela modelo e dançarina Raielli Leon de ter praticado racismo contra ela. Por meio do Instagram, a jovem relatou que o episódio aconteceu em 2017, durante as gravações de um videoclipe.

“Em novembro de 2017 fui convidada pra gravar um clipe do Rodriguinho, Gaab e MC Livinho. Fiquei muito empolgada, porque tinha começado a gravar clipes. Aí apareceu outro clipe, tinha 9 modelos negras e 10 modelos brancas”, iniciou Ray.

“Fiquei empolgada, levei horas pra deixar meu cabelo seco, com cachinhos. Livinho estava lá. Cumprimentei ele e acho que ele soube que eu estaria com ele no outro clipe, não foi com minha cara. Ele passou o clipe inteiro me olhando torto. Fiquei no meu canto”, prosseguiu.

“Fomos gravar a cena, eu do lado dele, dançando na minha. Não sei o que passou na cabeça dele, porque não tem como saber o que passa na cabeça de uma pessoa racista, idiota, escrota. Ele começou a fazer dancinhas obscenas, virado pro meu lado, pegando no saco, como se estivesse sarrando”, continuou.

“E fiquei incomodada ali naquele momento. Nem falou comigo o clipe inteiro e do nada fazendo essas brincadeiras. Pra confirmar meu incômodo, ele tirou o celular do bolso dele, colocou no meu cabelo, puxou e falou: ‘você roubou meu celular, cabelo!’. Eu já incomodada, tirei a mão dele. Quebrou o meu encanto pelo artista”, disse ainda.

De acordo com a influencer, nenhuma das pessoas que estavam presentes no set de filmagem se mostraram incomodadas com a situação: “Todo mundo que estava por perto riu. Maioria começou a rir”.

“Satisfeito, porque ele queria chamar a atenção, deu certo pra ele. Ele repetiu mais duas vezes: pôs a mão no meu cabelo, falou que estava espetando, catou um anel, colocou no meu cabelo, falou que eu tinha roubado o anel dele. E eu inconformada, mandando ele parar. As pessoas estavam filmando, porque era uma cena para o clipe”, relembrou.

“Ao invés de mandarem ele parar, falavam: ‘ai, Livinho, príncipe, pula na piscina’. Enquanto ele se arrumava pra pular na piscina, ele não estava satisfeito, virou pra mim e perguntou: ‘vamos pular na piscina? Não quer ver se [o cabelo] molha?! Ele pegou no meu braço pra me puxar. Bati, tirei a mão dele e não pulei. Eu não tinha intimidade nenhuma com ele, não dei nenhuma liberdade e muito menos isso, que não é uma brincadeira”, lamentou.

Raielli, em outro momento do desabafo, revelou que chegou a sofrer ameaças por parte do cantor após o ocorrido: “Fiquei mal, fui pra um canto, chorei. Algumas meninas perceberam o que aconteceu. Inclusive, tenho testemunhas. Passaram dois dias, Douglas entrou em contato comigo, se eu podia continuar a gravar o clipe com Rodriguinho, Gaab e Livinho. Falei que eu iria, mas não ia aceitar brincadeira idiota, porque não sou palhaça de ninguém”.

“Eu só esperava que ele se desculpasse, nem que fosse por telefone e a vida ia seguir normal. Sabe o que ele fez?! Me xingou de todos os nomes possíveis, falou que ia acabar com a minha carreira, que eu deveria ter medo do que eu estava falando e com quem eu estava brincando. Fiquei mal, desesperada”, completou.

Assista:

CONTINUE LENDO →
Álvaro Penerotti

Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.