Datena revela ter perdido parte do pâncreas por conta da cerveja

Datena
Datena abriu o jogo sobre o fato de ter perdido parte do órgão por conta do álcool (Imagem: Reprodução / Band)

José Luiz Datena fez uma revelação sobre sua vida pessoal que pegou muita gente de surpresa. Durante o Brasil Urgente, da Band, o apresentador contou que perdeu parte do pâncreas por conta do alto consumo de bebidas alcoólicas ao longo dos anos.

Nunca usei drogas, nunca gostei de droga. Cerva tomei por muito tempo, inclusive, perdi parte do pâncreas por causa disso”, disparou. Ao exibir uma reportagem sobre a apreensão de três toneladas de maconha, Datena ainda confessou:

“Tentei fumar maconha uma vez na vida, quando era moleque, uns 16, 17 anos. Foi a coisa mais horrível que senti na minha vida. Tomando cerveja era mais doido que os caras que fumavam esse negócio. Tentei fumar um trem desses uma vez, achei uma porcaria de marca maior”.

O apresentador, inclusive, mandou a real sobre o futuro do Brasil Urgente na programação da Band em 2022. O apresentador, candidato à presidência da República no ano que vem pelo PSL, garantiu a permanência da atração na grade.

Datena reagiu à notícia do jornalista Flávio Ricco, do R7, sobre a sua saída no ano que vem para a eleição presidencial e, consequentemente, o fim do jornalístico no ar há 20 anos ininterruptos.

Em conversa com Catia Fonseca, na divisão de tela Melhor da Tarde/Brasil Urgente, o apresentador explicou: “Saiu uma reportagem dizendo que, se eu fosse candidato a qualquer coisa, a Band teria o objetivo de acabar o programa. Coisa nenhuma! O Johnny Saad [presidente do Grupo Bandeirantes] acabou de me confirmar que, mesmo que eu saia candidato, o programa vai continuar”.

Ainda bem! Ele continua com outra pessoa. Mesmo porque tem um monte de Datena aí, o Joel, o Vicente. Eles podem continuar no meu lugar”, cogitou. “Se eu for eleito a um cargo executivo, eu não posso ficar na televisão”, lembrou.

Essa conversa é boa para tranquilizar o povo aqui dentro. Ficam saindo notícias que dão perspectiva de mais gente desempregada. Não existe isso. Se eu sair candidato, e está programado para que saia, o Brasil Urgente continua no ar. O programa é líder de audiência há 20 anos! Como vai tirar do ar e deixar tanta gente boa desempregada? Temos a melhor equipe de jornalistas e a melhor equipe técnica do país”, cravou.

Veja:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›