Datena revela tristeza por não ter sido candidato como vice-prefeito de São Paulo

Datena
Datena voltou a disparar contra o prefeito de São Paulo (Imagem: Reprodução / Band)

José Luiz Datena mostrou toda a sua revolta contra o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes. No Brasil Urgente, da Band, nesta quarta-feira (10), ele confessou a sua tristeza por ter declinado do convite de sair como vice-prefeito de Bruno Covas (2018-2021), que venceu as eleições do ano passado, mas morreu meses depois.

“Depois esse prefeito fala que chora todos os dias porque o prefeito Bruno Covas morreu. Eu choro todo dia de não ter ficado com o Bruno Covas para ser o vice-prefeito dele. Hoje eu seria prefeito de São Paulo e não esse cara. E São Paulo não estaria nessa situação lamentável que está”, disparou o apresentador.

O jornalista acrescentou revoltado: “O povo paulistano chora todos os dias porque o Bruno Covas morreu e essa cara está acabando com a cidade, com essas emendas parlamentares e essas calamidades votadas pela Câmara de Vereadores”.

“Já é o pior prefeito de São Paulo de todos os tempos. Eu lamento até o último fio de cabelo que eu não tenha ficado como vice do Bruno. Depois de aceitar, eu declinei. Falei: ‘Bruno, não vai dar porque tem gente que não me quer aí com você’. Se eu soubesse que era esse cara que iria assumir eu ficava, porque com certeza eu não faria esse monte de maldade com o povo. Se eu não fizesse nada já seria melhor que esse cara”, comentou ainda.

Enquanto mostrava imagens de confusão na frente da Câmara Municipal, Datena disparou: “Eu deveria ter ouvido o Platão, quando eu entrevistei o Platão. Deveria ter continuado e hoje seria prefeito de São Paulo e não faria as maldades que esse cara está fazendo”.

“O Bruno quando me convidou para ser vice falou: ‘Datena, por favor aceita, porque se houver algum problema comigo você fica na Prefeitura, se eu tiver que me afastar’. Eu aceitei até uma reunião. Eu aceitei durante um tempo, mas depois eu percebi que não dava para correr com ele, porque tinha gente correndo com ele que não dava certo comigo, aí me afastei da política, mais uma vez”, completou.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›