Demitida pela Globo, Izabella Camargo diz estar livre para o SBT

Silvio Santos
Ex-jornalista da Globo conversou com Silvio Santos (Imagem: Lourival Ribeiro / SBT)

Demitida pela Globo após uma licença médica para se tratar da Síndrome de Burnout, a jornalista Izabella Camargo esteve no SBT. Na noite deste domingo (2), ela ficou cara a cara com Silvio Santos no “Jogo dos Pontinhos”.

Lá, o dono do canal perguntou aonde a jornalista está trabalhando. Prontamente, ela pensou rápido e deixou escapar a vontade de trabalhar no SBT. “Estou livre para voltar ao SBT, Silvio”, disparou a jornalista. Em resposta, Silvio Santos se esquivou.

“Seu diretor, tem que falar com ela, então. Aqui no SBT eu só chego, apresento meu programa e vou embora. O resto eu passo pra vocês”, disse o apresentador, deixando no ar se Izabella Camargo vai ou não para o canal.

Izabella Camargo deixou a Globo e o Governo Bolsonaro

Izabella Camargo
Izabella Camargo comentou sobre sua exoneração de um dos ministérios do governo Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Recentemente, Izabella Camargo decidiu abrir o jogo sobre sua saída do Governo Bolsonaro (PSL). Demitida da Globo, ela pediu exoneração do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Agora, busca lutar por sua bandeira.

Quando fui chamada para o Ministério, fui de coração aberto para desenvolver o melhor trabalho de comunicação. Mas tive algumas crises, porque a gente é profissional. E num ambiente público você está lidando com pessoas que não estão a fim de trabalhar e também com gente que está muito a fim“, revelou a jornalista ao Universa, do UOL.

Izabella Camargo acrescentou dizendo que chegou a ouvir do filósofo e escritor Mário Sergio Cortella que isso aconteceria. “Ele me disse: ‘Você vai se esfolar porque vai chegar num ambiente público, e tem muita gente que não está a fim de trabalhar e você vai ver coisas com as quais vai querer contribuir’. Dito e feito“, revelou.

A ex-Globo contou ainda que fez algumas coisas na pasta de Marcos Pontes das quais se orgulha: “Resumi 40 páginas em três minutos de vídeo o AST (Acordo de Salvaguarda Tecnológico), um documento que há 20 anos ninguém conseguia entender. […] Também expliquei para que serve a transmissão da base de telecomunicações da Antártica, o que é a base brasileira lá. […] E em Israel, furei um bloqueio para falar com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, junto com o Marcos Pontes, sobre a ajuda para Brumadinho“.

MAIS LIDAS

Lucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e escreve sobre o dia a dia da TV.
Veja mais ›