Depois de Roraima e Minas Gerais, show de Gusttavo Lima no Rio é investigado

Gusttavo Lima
Show de Gusttavo Lima no Rio é investigado pelo MP (Imagem: Reprodução / Instagram)

Gusttavo Lima segue no meio de uma grande polêmica. Depois de ter shows alvos em cidades de Minas Gerais e Roraima, agora foi a vez do cantor ter apresentação investigada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

O órgão abriu um inquérito civil para apurar supostas irregularidades referentes a gastos com a festa de aniversário de Magé, na Baixada Fluminense. O sertanejo é apenas uma das atrações do evento.

Segundo mostrou o RJ1 da semana passada, o valor acordado pela apresentação do artista em Magé, no dia 8 de junho, é de R$ 1 milhão. Na programação de quatro dias de festa, o cantor sertanejo é o primeiro a se apresentar. Em 9 de junho, o município da Baixada completa 457 anos.

Veja Também

Ao G1, o MPRJ declarou que a 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Magé é que irá investigar os gastos com o aniversário da cidade. O texto ressalta que as supostas irregularidades na produção chegaram via denúncias encaminhadas ao órgão.

Em nota, a Prefeitura de Magé informou que “o município entregou todas informações solicitadas pelo Ministério Público sobre todos os shows que serão realizados nas comemorações do aniversário” e que os “valores de mercado praticados pelos artistas” também foram comunicados ao órgão.

Gusttavo Lima se pronuncia sobre polêmicas

Em uma live, o artista declarou que “não compactua com dinheiro público” e afirmou que “está a ponto de jogar a toalha”.

“Eu nunca me beneficiei de dinheiro público ou empréstimo. A minha vida foi sempre trabalhar, fiz quase 300 shows em 2019. Somos uma equipe gigantesca de colaboradores, que nos ajudam a subir sempre mais um degrau. Não compactuo com uso de dinheiro público, tenho meus impostos em dia”, garantiu.

Ainda no vídeo, o sertanejo ressaltou que está “levando muitas pancadas” nos últimos dias e comentou os acordos feitos. Em Conceição do Mato Dentro, o cachê cobrado pelo artista foi de R$ 1,2 milhão.

“Todos os artistas fazem show de prefeitura. É sobre valorizar a nossa arte, é a nossa única coisa que temos para vender. Ganhamos dinheiro e pagamos nossas contas com isso. São mais de 500 funcionários que dependem de nós”, comentou.

Gusttavo Lima disse que todas as suas apresentações foram contratadas pelos valores normalmente cobrados. “Eu sou um trabalhador normal, como todos vocês”, desabafou.

“Não é por ser uma prefeitura que eu vou deixar de cobrar o meu valor. Eu também tenho minhas contas para pagar. Não é por fazermos música que precisamos receber menos”, argumentou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›