Dilsinho abre o jogo sobre ser pai de menina: “Me trouxe mais sensibilidade”

Dilsinho
Dilsinho abriu o coração ao falar de sua primeira herdeira (Imagem: Thais Galardi / Instagram)

Dilsinho é só felicidade quando o assunto é a filha, Bella, fruto do relacionamento com Beatriz Ferraz. Em entrevista ao F5, o cantor, que tem 29 anos, falou do desafio de ser pai de uma menina:

“A paternidade, ainda mais de menina, me trouxe mais sensibilidade, é tudo muito novo. Você começa a ter um olhar diferente para a vida e para as questões que chegam até você”.

O músico comentou ainda que a chegada da primogênita fez com que ele voltasse a ter uma noite agitada, já que não tem feito shows por conta da pandemia.

Minha filha não dorme de noite. Em outra época seria mais fácil, mas estou dois anos sem shows e já ajustei meus horários. Só que agora é ela quem me devolveu as madrugadas em claro. Aproveito para compor musicas quando ela dorme“, revelou.

Dilsinho ainda deixou claro que tem aproveitado o período em casa para se conectar com sua família:

“Estou bem feliz com cada descoberta. Tive a oportunidade de acompanhar o parto e se estivesse naquele ritmo acelerado de viagens não teria tido essa chance. Encaro tudo pelo melhor lado”.

O famoso revelou também que não tem planos de parar por aí. “Com essa pandemia, fico pensando como seria o Natal da minha filha. Então vou querer daqui uns anos aumentar a minha família para ela sentir o amor que eu sentia no final do ano com mais gente reunida na mesa grande da sala“, confessou.

Ao falar sobre os planos futuros, Dilsinho explicou que, por conta da pandemia, a partir de agora, não vai mais se permitir projetar seus próximos passos:

“Eu estou ressignificando as coisas e dando mais valor às conquistar atuais. Encaro hoje como meu principal sonho e objetivo estar com quem eu amo. Rezo todos os dias para eles terem saúde. Assim eu também estarei feliz. Do lado profissional, a cada dia eu me realizo mais”.

No documentário o Garrafas e Bocas, que foi ao ar recentemente no Multishow, o famoso relembrou como começou a se aventurar nesse meio musical: “Andando pela noite e vivendo dos bares, a gente encontra um pouco de tudo. Eu lembro que, quando eu comecei a tocar, com 14 anos, eu não sabia muitas músicas e tinha que aprender as músicas na hora. Então acho que é um grande desafio”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›