Dira Paes faz reflexão sobre personagem em Pantanal: “Dona de si”

Dira Paes
Dira Paes elogiou Filó, sua personagem em Pantanal (Imagem: Divulgação / Globo)

Intérprete da Filó em Pantanal, Dira Paes fez uma análise sobre a personagem que anda sendo comentada pela postura contemporânea no remake.

Digo que a Filó é muito contemporânea no sentido de viver o amor sem apego, um amor sem esperar a mesma medida. Isso dá a ela uma dignidade e sabedoria. Ela se torna uma referência a todos que estão naquela fazenda“, pontuou a atriz, em conversa com a Quem.

“A Filó, desde a primeira fase, não se mostrou impulsiva, juvenil, mas é complexa. Ela começa na vida muito cedo, por não ter maiores chances se entrega à prostituição, uma realidade que vejo em muitas partes do Brasil. Mas ela acaba sendo resgatada pelo encantamento de um jovem por uma mulher da currutela“, declarou.

Veja Também

Paes, que dividiu a personagem com Letícia Salles (Filó na primeira parte), continuou: “A Filó desenvolve uma paixão pelo Zé Leôncio, mas observa de um perto uma outra paixão atravessando a vida daquele cara”.

“A Filó é muito pé no chão, muito realista e, no meu olhar, muito contemporânea. Quando ela vê esse homem chegando com uma nova paixão, ela dá dois passos para trás”, explicou.

Dira Paes elogia Filó

Com muito carinho pela personagem, a global destacou: “Ela não precisa do reconhecimento alheio para se sentir forte, ela é dona de si mesmo. Ainda estou me permitindo descobrir a Filó, entender porque ela não conta determinadas passagens da vida”.

“Digo que a Filó não é uma personagem que não mente, mas ela também não fala a verdade. Essa é a minha pequena defesa da personagem. Ela é uma personagem que veio para equilibrar o universo da masculinidade que habita o Pantanal”, destacou.

Dira ainda comentou como alinhou a personagem com Letícia Salles: “A Letícia Salles fez um trabalho maravilhoso. Antes da ida ao Pantanal, ficamos conversando e nos questionamos sobre como seria essa conexão entre nós. Pedi para que ela não se preocupasse, disse que eu a seguiria. Tentamos criar uma unidade, afinal falar como pantaneiro é desafiador”.

“Pedi para que ela não esquecesse a currutela de onde a Filó veio. Queria que ela ficasse livre para fazer o trabalho dela. Como as viagens até chegar as fazendas são longas, conversamos muito no carro. Sei da vida da Letícia inteira e ela sabe da minha vida. Tivemos uma troca muito boa. Procurei observá-la muito, o jeito como ela mexia no cabelo. Minha preocupação maior era de deixá-la livre para voar”, completou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›